Info

Três pessoas foram identificadas por desobediência e propagação de Covid-19 em Vila do Conde

Três pessoas foram identificadas por desobediência e propagação de Covid-19 em Vila do Conde
| Norte
Porto Canal

Duas mulheres e um homem foram identificados pela GNR por desobediência e propagação de doença, no caso o novo coronavirus, nos dias 10 e 11 de agosto, em Vila Do Conde, por não respeitarem a medida de confinamento obrigatório que lhes foi decretada pela autoridade de saúde pública, no concelho de Vila do Conde.

 

Em comunicado enviado ao Porto Canal a GNR diz que "face ao aumento significativo de novos casos de cidadãos que testaram positivo à COVID-19 ocorrido nos últimos dias no concelho de Vila do Conde, os militares da Guarda realizaram uma ação de fiscalização de forma a assegurar o cumprimento do previsto no regime da situação de contingência e alerta, no âmbito da pandemia da doença Covid-19".

A GNR diz que até ao momento, foram controladas 115 pessoas sujeitas a tal obrigação.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vila do Conde.

+ notícias: Norte

Lar de Vila Nova de Cerveira vive "calamidade" com todos os utentes infetados por Covid-19

O provedor da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, classificou hoje de "calamidade" a situação do lar Maria Luísa, com 66 utentes infetados com o vírus SARS-CoV-2, sendo que três estão hospitalizados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.