Info

Covid-19: Marcelo diz que se impõe manter as medidas de contenção. Decisão poderá ser na quinta-feira

Covid-19: Marcelo diz que se impõe manter as medidas de contenção. Decisão poderá ser na quinta-feira
| Política
Porto Canal com Lusa

O Presidente da República afirmou hoje que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 no país. Tudo aponta que Marcelo Rebelo de Sousa vai ditar a decisão na próxima quinta-feira.

"Impõe-se manter as medidas de contenção, e foi uma opinião unânime. Voltando àquela imagem de há uma semana: importa manter a pressão na mola para que a mola não suba. Como uma prioridade para o nosso futuro imediato", declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, no Infarmed, em Lisboa.

Questionado sobre a renovação do estado de emergência, o Presidente da República reforçou esta mensagem: "Não escondo que da reunião de hoje decorre muito claramente como é importante dar um sinal de manutenção daquilo que foi adquirido e foi uma conquista dos portugueses que não pode nem deve ser perdida".

O chefe de Estado, que falava no final da segunda sessão técnica de apresentação sobre a "Situação epidemiológica da covid-19 em Portugal", defendeu que a evolução do surto "dá razões aos portugueses para continuarem a fazer o que têm feito e dá razão aos decisores políticos para decidirem no futuro imediato no sentido idêntico ao que decidiram no passado também imediato".

+ notícias: Política

Helicóptero de emergência médica do INEM vai continuar em Viseu

O INEM indicou hoje que um helicóptero de emergência médica vai continuar posicionado no Aeródromo Municipal de Viseu, depois de um entendimento entre a câmara da cidade e a empresa que cede as instalações para o aparelho.

Covid-19: Ministro da Administração Interna assegura que GNR tem disponibilidade para garantir desinfeção das ambulâncias

A GNR revelou esta segunda-feira que o encerramento das linhas de descontaminação de ambulâncias e fardamentos de emergência médica foi uma decisão do INEM. Entretanto, o Ministro da Administração Interna assegura que a GNR tem plena disponibilidade para continuar a desinfeção das ambulâncias.

Covid-19: António Costa e Silva diz que o Estado deve intervir na capitalização das empresas

O gestor escolhido pelo Primeiro-Ministro para ajudar a delinear o plano de recuperação económica do país insiste na necessidade de apoios públicos para o combate à crise. Em entrevista à TSF António Costa e Silva diz que o Estado deve intervir na capitalização das empresas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.