Info

Livro polémico sobre celibato dos padres editado em Portugal no final de fevereiro

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 24 jan 2020 (Lusa) -- O polémico livro escrito pelo cardeal Robert Sarah com a colaboração do Papa emérito Bento XVI, "Do fundo dos nossos corações", vai ser lançado em Portugal no final do mês de fevereiro, anunciou a editora Lucerna.

No livro, Bento XVI defende que o celibato dos padres "tem um grande significado" e é "indispensável para que o caminho" dos sacerdotes "na direção de Deus permaneça o fundamento" da sua vida.

Esta defesa pública do celibato sacerdotal causou polémica, pois surgiu numa altura em que é esperada a posição final do Papa Francisco sobre as conclusões do Sínodo dos Bispos para a Amazónia, no qual foi defendida a abertura para a ordenação de homens casados naquela região do mundo, a fim de ultrapassar as dificuldades causadas pela falta de padres.

A polémica atingiu tão grandes dimensões após a publicação de excertos do livro pelo jornal francês Le Figaro, que levou o próprio Bento XVI a pedir a retirada do seu nome da autoria da obra, alegadamente por não ter dado autorização para a utilização do seu texto num livro, o que o Sarah, prefeito da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos contestou. A retirada da assinatura conjunta já não foi possível na edição francesa, e na portuguesa aparecerá como autor Robert Sarah "com o contributo de Bento XVI".

Segundo a editora portuguesa "tem sido grande o interesse manifestado junto da Lucerna por esta obra sobre o tema do celibato dos padres na Igreja Católica".

A edição portuguesa tem 96 páginas e um preço de venda de 10 euros.

"A noite vai caindo e o dia já está no ocaso" (2019), "A força do silêncio" ( 2017)", "Deus ou nada" (2016), são outras obras de Robert Sarah editadas pela Lucerna. Quanto a livros escritos por Joseph Ratzinger/Bento XVI, foram já 24 os publicados por esta editora portuguesa.

JLG // ZO

Lusa/Fim

+ notícias: País

Covid-19: DGS reforça medidas e admite possibilidade de epidemia nacional

A diretora geral da saúde, Graça Freitas, admitiu hoje a possibilidade de uma epidemia nacional devido ao novo coronavírus, afirmando que os casos verificados em Itália alteraram o panorama na Europa.

Associações de Pais defende que as viagens de finalistas devem canceladas por causa do covid-19

A Confederação das Associações de Pais defende que as viagens de finalistas devem ser canceladas. A um mês das férias da páscoa também o primeiro-ministro recomenda ponderação e admite que pode ser uma questão de tempo ate chegarem casos de covid-19 a Portugal.

Ministra da Saúde e a DGS aconselham isolamento a pessoas vindas de países afetados pelo surto

A ministra da Saúde e a DGS recomendam medidas preventivas para quem chega de países afetados pelo surto do novo coronavírus. Entre elas não ir para o trabalho ou para a escola tentando evitar contacto direto com outras pessoas durante 14 dias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.