Info

OE2020: Governo confia na viabilização do documento e admite contar com PSD-Madeira

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 10 dez 2019 (Lusa) - O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares mostrou-se hoje confiante na aprovação do Orçamento do Estado para 2020 no parlamento e admitiu que os deputados do PSD-Madeira podem vir a contar na aritmética para a viabilização do documento.

"O primeiro-ministro - também não é tabu nenhum - reuniu com os presidentes dos governos regionais da Madeira e dos Açores e ouviu aquilo que são as preocupações que os presidentes dos governos regionais expressaram. Este orçamento é para o país inteiro, e se puder responder a problemas de todas as regiões, tanto melhor. É isso que me apraz dizer sobre essa matéria", disse Duarte Cordeiro, questionado sobre um eventual voto favorável por parte dos três tribunos sociais-democratas eleitos pela Madeira, os quais se poderiam juntar aos 108 do PS, quatro do PAN e uma do Livre para totalizar 116.

O responsável governamental falava no fim de um conjunto de reuniões, no parlamento, com todos os partidos com assento parlamentar, exceto a deputada única do Livre, ausente em missão parlamentar na Cimeira do Clima, em Madrid.

"O Governo, obviamente, acredita na viabilização da proposta. Como é do conhecimento público, tem tido conversas e tem trabalhado no sentido de procurar que este orçamento responda àquilo que são as expectativas de alguns partidos políticos, além do PS, que suporta o Governo", começou por dizer, referindo-se aos encontros com BE, PCP, "Os Verdes", Livre e PAN.

Duarte Cordeiro descreveu um "cenário macroeconómico em linha com o que foi apresentado no programa de Governo e com o cenário de políticas invariantes enviado em 15 de outubro para Bruxelas", designadamente a "estabilização do crescimento económico em 2% e um saldo orçamental de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB)", em "continuação da convergência com a União Europeia".

"O Governo tornou público com quem conversou e vai continuar a conversar até à apresentação, na segunda-feira, do orçamento na generalidade. Mas, depois, também na especialidade. Não fizemos tabu disso, de quem foram os partidos políticos com quem reunimos e estamos a conversar", sublinhou.

O OE2020 vai ser entregue pelo executivo minoritário socialista segunda-feira na Assembleia da República segunda-feira, seguindo-se a discussão na generalidade e na especialidade, mas a votação final global só vai ocorrer em fevereiro.

HPG // JPS

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Alexandra Leitão reconhece que os "autarcas tinham alguma razão" de queixa sobre os moldes da descentralização

Alexandra Leitão, Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, reconhece que os autarcas "tinham alguma razão" quando diziam que “existiam algumas dificuldades” sobre o atual model de descentralização. Por isso, o Governo prorrogou em um ano o prazo para impor a transferência de competências na Saúde, Educação e Ação Social.

"Manobras de diversão". Assinatura do protocolo da expansão do metro do Porto 'marcada' pela 'guerra aberta' entre autarcas

Ficou marcada pela polémica a assinatura do protocolo entre o Governo e a Área Metropolitana do Porto para a expansão da rede do metro. Tal como o Porto Canal tinha avançado em primeira mão, são vários os autarcas que se queixam de não terem sido ouvidos no processo.

Secretário de Estado do Desporto garante que em breve serão tornadas públicas as condenações pela Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto

O Secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo, garante que em breve serão tornadas públicas as condenações já feitas pela Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto. A garantia de João Paulo Rebelo surge depois do Porto Canal ter divulgado que o regime jurídico já prevê a divulgação das decisões de condenação.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.