ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

"Os Nossos Dias Poucos e Desalmados", de Mark O'Rowe, estreiam-se no Porto

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 14 nov 2019 (Lusa) -- Um segredo de família e a violência verbal, psicológica e doméstica são o mote da peça "Os Nossos Dias Poucos e Desalmados", do dramaturgo irlandês Mark O'Rowe, que se estreia na próxima quinta-feira, no Teatro Carlos Alberto, no Porto.

"O argumento do texto assenta precisamente nisso [no segredo de família] e num tipo de violência latente que vai estando por debaixo dos diálogos", desvendou hoje o encenador João Cardoso, após o ensaio para a imprensa, que descreveu a peça "inquietante" com "violência verbal e psicológica".

Em toda a peça, escrita em 2014, há uma "constante inquietação" e "tensão", descreve João Cardoso.

"É uma violência que existe entre as pessoas, porque, como têm uma coisa a ocultar, aquilo que vai acontecer é que acabamos por despejar essa violência nos outros, e cada um vai sofrendo essa violência", descreveu João Cardoso, referindo que a maior parte das coisas são "lidas sem serem ditas" aos espetadores.

A peça divide-se em dois atos e seis cenas, conta com cinco personagens e toda a ação desenrola-se na sala de estar da casa de família, onde os diálogos, por vezes frenéticos, outras vezes pontuados por silêncios e sussurros, são a característica que se destaca na dramaturgia de João Cardoso.

O espetáculo "Os Nossos Dias Poucos e Desalmados", que fica patente do Teatro Carlos Alberto (TeCA) de 21 a 30 de novembro, é uma das cinco peças de um ciclo que o Teatro Nacional de São João (TNSJ) dedica ao dramaturgo irlandês Marck O'Rowe, considerado o "responsável pela renovação do teatro na Irlanda, em meados da década de 90", bem como pelo seu "relançamento internacional", lê-se no dossiê de imprensa, entregue hoje aos jornalistas.

No próximo dia 18 de novembro, no espaço do TNSJ, vão decorrer leituras de algumas obras do dramaturgo irlandês, e vai ser também lançado o 31.º volume da coleção TNSJ com a editora Húmus, e que reúne três peças de 0'Rowe -- "Os Nossos Dias Poucos e Desalmados", "Made in China" e "Ossário".

"Made in China", espetáculo para maiores de 16 anos, vai estar em cena no Mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto, nos dias 25 e 26 de novembro, e conta com Pedro Frias na enceneação.

O ciclo dedicado a 0'Rowe termina nos dias 02 e 04 de dezembro, com os monólogos de Sarna, para maiores de 16 anos, com encenação de João Cardoso, diretor artístico da ASSéDIO, e, na interpretação, com o ator Pedro Frias.

Os ingressos para a peça "Os Nossos Dias Poucos e Desalmados", um espetáculo para maiores de 14 anos, têm o valor de 10 euros.

CCM // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Três pessoas foram identificadas por desobediência e propagação de Covid-19 em Vila do Conde

Duas mulheres e um homem foram identificados pela GNR por desobediência e propagação de doença, no caso o novo coronavirus, nos dias 10 e 11 de agosto, em Vila Do Conde, por não respeitarem a medida de confinamento obrigatório que lhes foi decretada pela autoridade de saúde pública, no concelho de Vila do Conde.

 

Presumível autora do incêndio florestal na Peneda-Gerês detida pela Polícia Judiciária

Uma mulher com 57 anos foi detida pela Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração do Grupo de Trabalho do Norte de Redução das Ignições Florestais e da GNR, na manhã desta terça-feira, por estar indiciada pela prática de um crime de incêndio florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês que teve inícoo no dia 4 de agosto de 2020, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.