Info

Sete distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Sete distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima
| País
Porto Canal com Lusa

Sete distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa vão estar sob aviso amarelo devido à agitação marítima prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros entre as 15:00 de hoje e as 18:00 de quarta-feira.

Estes distritos vão passar depois a aviso laranja, entre as 06:00 de quinta-feira e as 03:00 de sexta-feira, por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 5 a 7 metros e ondas máximas que podem atingir os 14 metros.

O IPMA emitiu também um aviso amarelo por causa da agitação marítima para os distritos de Setúbal, Beja e Faro entre as 09:00 de quinta-feira e as 03:00 de sexta-feira.

Sob aviso amarelo vão estar também os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Guarda e Castelo Branco, mas por causa do vento forte, prevendo-se rajadas fortes que podem chegar aos 100 quilómetros por hora nas terras altas entre as 21:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira.

Este aviso vai continuar depois na quinta e sexta-feira, estendendo-se a mais distritos (Santarém, Leiria, Lisboa).

O IPMA emitiu ainda aviso amarelo para os distritos do Porto, Viana do Castelo e Braga devido à previsão de períodos de chuva, por vezes forte, entre as 18:00 de hoje e as 03:00 de quarta-feira.

O aviso laranja, o terceiro numa escala de quatro, aplica-se a situações meteorológicas de risco moderado a elevado, enquanto o aviso amarelo traduz situações de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica

+ notícias: País

Desagravamento da seca no continente em novembro, Algarve mantém seca extrema

Portugal continental registou em novembro um desagravamento da seca meteorológica, mas no sotavento algarvio manteve-se em situação de seca extrema, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Metade dos hospitais EPE em falência técnica no ano passado

Metade dos hospitais EPE estavam no ano passado em falência técnica, segundo uma análise do Conselho das Finanças Públicas hoje divulgada.

Estudo aponta graves problemas no processo de descentralização que está em curso

Um estudo da Faculdade de Economia do Porto que aponta graves problemas no processo de descentralização que está em curso. A dimensão dos municípios, a falta de financiamento adequado e os prazos demasiado curtos são os aspetos que levam a concluir que o modelo de descentralização não é bom para o País.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.