Funcionário de pista do GP do Canadá morreu ao ser atropelado após a corrida

| Desporto
Porto Canal / Agências

Redação, 10 jun (Lusa) -- Um funcionário de pista afeto ao Grande Prémio do Canadá em Fórmula Um disputado domingo morreu ao ser atropelado por um veículo que transportava um carro para as boxes, revelou a Federação Internacional Automóvel.

Segundo o organismo internacional, o funcionário participava na operação de retirada de um monolugar que ficou imobilizado na pista e estava a ser transportado para as boxes.

O trabalhador terá deixado cair o rádio e ao tentar recuperá-lo tropeçou e foi atingido pelo veículo.

OS médicos no local ainda transportaram o trabalhador para o centro médico do circuito e, depois, de helicóptero para o hospital onde viria a falecer.

JCS // JCS

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

PSP suspeita de No Name Boys nos desacatos em Guimarães. Investigações já estão em curso

23 portugueses foram identificados pela Polícia de Segurança Pública na sequência das perturbações na cidade por parte de adeptos do Hajduk Split. O Porto Canal avançou em primeira mão que estes portugueses se tratavam de membros da claque No Name Boys. Agora, o jornal PÚBLICO confirma que a PSP já iniciou investigações ao grupo benfiquista.

SC Tomar vai ser adversário do FC Porto na Elite Cup 

Os Campeões Nacionais de Hóquei em Patins conheceram, esta quarta-feira, o adversário para a Elite Cup: o SC Tomar. 

Adeptos croatas destroem Centro Histórico de Guimarães. Autarca da cidade contesta atuação da polícia

Foram identificados pelas autoridades 154 adeptos, entre simpatizantes do clube croata Hadjuk Split e 23 portugueses, na sequência dos desacatos que ocorreram, na noite de terça-feira, na cidade de Guimarães e que se prolongaram até à cidade do Porto.