Hospital São João no Porto autorizado a assumir encargos plurianuais até 15 ME

Hospital São João no Porto autorizado a assumir encargos plurianuais até 15 ME
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Governo autorizou o Centro Hospitalar São João, no Porto, a assumir encargos plurianuais até 15 milhões de euros, mais IVA, para adquirir serviços de radioterapia, equipamentos de ressonância magnética e remodelar a ala sul central, informou fonte oficial.

Em comunicado de hoje, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte refere que para a aquisição de serviços de tratamento por radioterapia, a unidade hospitalar pode assumir um encargo até 6,8 milhões de euros.

Para a remodelação da ala sul central – 1.ª fase, pisos 7 e 8 a empreitada pode ascender aos 5,5 milhões de euros e para a compra de equipamentos de ressonância magnética o montante pode rondar os 1,8 milhões de euros, acrescenta.

A ARS recorda ainda que em 2016 foram igualmente alocadas verbas para a adaptação da sala de angiografia, remodelação com fornecimento de elevador e sistema de climatização do centro ambulatório.

Já no ano passado foram autorizados os investimentos respeitantes a empreitada de beneficiação do interior, impermeabilização dos reservatórios de água, remodelação da sala de radiologia do centro de ambulatório.

+ notícias: Norte

Portão de armazém do Pingo Doce cai em cima de trabalhador de Barcelos hospitalizado em estado grave

Um homem foi hospitalizado em estado grave na noite desta terça-feira após ter sido atingido por um portão do armazém do Pingo Doce de Barcelos, adiantou fonte dos bombeiros locais. Além deste ferido, também uma mulher sofreu ferimentos ligeiros.

Saiba quais foram os restaurantes do Norte que receberam estrela Michelin

O restaurante Antiqvvum no Porto foi a 'estrela da noite' com a atribuição da segunda estrela do guia Michelin, mas não foi o único a ser premiado esta terça-feira na região Norte. Quatro estabelecimentos do Porto mantiveram níveis de excelência.

Projeto "Ligue antes, salve Vidas" alargado à ULS de Gaia/Espinho e Entre Douro e Vouga

O projeto piloto "Ligue antes, salve Vidas" vai ser alargado à Unidade Local de Saúde de Gaia/Espinho e à Unidade Local de Saúde de Entre Douro e Vouga, indica uma portaria publicada em Diário da República esta terça-feira.