Miguel Castanho: "Teremos uma tendência crescente de casos e só teremos uma estabilização mais à frente"

| Porto Canal

Miguel Castanho, Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa, afirma que "haverá uma tendência crescente de casos e só haverá uma estabilização mais à frente" e, acrescenta ainda que "com o aumento do número de casos é inevitável que haja também o aumento do número de hospitalizações e, infelizmente, o aumento do número de vítimas".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.