Info

O "novo" Porto Canal já despertou. Venha ver-nos

O "novo" Porto Canal já despertou. Venha ver-nos
| Norte
Porto Canal

Às 8h00 desta segunda-feira, com “Acordar”, o Porto Canal inicia uma nova etapa, com imagem e grelha renovadas. O Porto Canal é a única estação televisiva com praticamente 100 por cento de produção portuguesa.

Resultando do facto de ter sido adquirida pelo FC Porto, apresentará uma melhoria notória da qualidade do som e da imagem, agora em alta definição.

A informação relativa ao FC Porto terá, naturalmente, um peso importante, com o Universo Porto a passar às 21h00, de segunda a sexta-feira, e quatro flashes ao longo do dia. Para além disso, vai haver mais directos de jogos de futebol do FC Porto B, Sub-19, Sub-17 e Sub-15, e de andebol, basquetebol e hóquei em patins.

O canal vai apostar em novos programas de entretenimento, informação e desporto, aumentando o horário de emissão, que arranca às 8h00, como referido.

No que diz respeito ao entretenimento, o concurso Azul ou Branco será liderado por Tiago Girão, com a companhia de Carina Caldeira, uma das caras novas, à semelhança de Joana Pinto da Costa, que se junta a Tiago Girão no programa Sem Rede. Como novos apresentadores, o Porto Canal terá também, entre outros, os irmãos Pedro e Ricardo Guedes e o maestro Rui Massena, no programa De Letra.

Já no segmento desportivo, o Jornal de Desporto será um novo espaço de informação, criado com o objectivo de apresentar a actualidade transversal a todas as modalidades e não exclusivamente a conteúdos relativos ao FC Porto.

+ notícias: Norte

GNR desmantela rede de contrafação no Norte e apreende 1,4 milhões de euros em artigos

A Unidade de Ação Fiscal da GNR anunciou este sábado que desmantelou uma rede de fabrico e venda de artigos contrafeitos, apreendendo material no valor estimado de 1,4 milhões de euros em Matosinhos e Famalicão.

Alunos de Vinhais fecham escola por causa do frio

Os alunos da escola secundária de Vinhais queixam-se do frio nas salas de aulas. Não se fazem obras no centro escolar há mais de 30 anos e os 300 alunos protestam contra a falta de condições.

População de Covas do Barroso está contra o projeto da mina de lítio

A população de Covas do Barroso e a autarquia de Boticas estão contra o projeto de uma mina de lítio a céu aberto em território classificado como Património Agrícola Mundial. A empresa responsável fala num investimento de 500 milhões de euros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.