Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Porto/Post/Doc apresenta 44 estreias nacionais e 11 mundiais entre 01 e 08 de Dezembro

| Norte
Porto Canal com Lusa

A juventude e a cultura pop são celebradas II edição do Porto/Post/Doc, um festival que entre 01 e 08 de dezembro apresenta no Porto 66 filmes de 26 nacionalidades, com 44 estreias nacionais e 11 estreias mundiais.

O Porto/Post/Doc, um festival que conta com um investimento de 150 mil euros e com o apoio da Câmara do Porto, arranca dia 01 de dezembro e durante os oito dias seguintes vai passar uma média de sete a oito filmes diariamente em dois dos maiores espaços culturais do Porto - Teatro Municipal Rivoli e Cinema Passos Manuel, e nos Maus Hábitos.

O certame cinematográfico vai ter 66 filmes distribuídos por dez secções diferentes, de 26 nacionalidades, incluindo a portuguesa, sendo 43% das películas estrangeira, 30% realizados por mulheres e que vai apresentar em estreia mundial 11 filmes e em estreia nacional 44 filmes.

Actualizado 19-11-2015 16:15

O objetivo do Porto/Post/Doc é apresentar ao público "coisas que estão escondidas ou esquecidas", disse hoje Dario Oliveira, diretor do festival, em conferência de imprensa no Foyer do Rivoli (Porto).

Uma homenagem à realizadora belga Chantal Akerman, considerada uma realizadora do pós 'nouvelle vague', uma secção de "Cinema Falado", dedicado à língua portuguesa, outra dedicada ao mundo da música "Transmission", e o Grande Prémio Porto/Post/Doc onde estão a concurso 12 filmes das 404 películas que se candidataram a um prémio de dois mil euros, são alguns dos destaques do certame que vai contar com a presença de vários realizadores.

No Grande Prémio Porto/Post/Doc, que "representam a excelência e diversidade do documentário contemporâneo", destaca-se a estreia mundial de "Las Vegas in Parts", de Luciano Piazza.

Na secção "Transmission vão ser exibidas as estreias nacionais "Blur: New World Towers", de Sam Wrench e "Keith Richards: Under The Influence", de Morgan Neville, e na secção "Cinema Falado" passa, por exemplo "Porto da Minha Infância", de Manoel de Oliveira, mas também as estreias mundiais "Bairrismos", de Pedro Neves, e "A Causa e a Sombra", de Tiago Afonso.

Ao longo do Porto/Post/Doc vai ser realizado também o fórum "Onde Está o Real?", com debates sobre as imagens em movimento.

A organização do festival contou com uma equipa de 60 pessoas, das quais 25 voluntários, referiu Dario Oliveira, que fez questão de agradecer às gentes a "generosidade" e "muita inteligência" ao apoiaram a iniciativa cultural que só foi possível com "muitos micro financiamentos".

+ notícias: Norte

Perigo de derrocada corta Marginal do Douro junto às Fontainhas

Por causa do mau tempo, está em risco a zona da escarpa das Fontainhas, junto à marginal do Douro, no Porto. Desde a manhã desta terça-feira estão a ser feitos trabalhos de estabilização, e por segurança, o trânsito na marginal junto à escarpa está cortado até as cinco da tarde.

Assaltos a carros revoltam moradores do centro da Maia

Os moradores da rua dos Maninhos, no centro da Maia, estão preocupados com a vaga de assaltos de que têm sido alvo. Os assaltantes atuam encapuzados, quase sempre depois da meia-noite e roubam viaturas ou parte delas.

Neve volta a pintar de branco a vila de Montalegre

Depois da chuva e do vento forte, a neve chegou em força ao concelho de Montalegre. Durante a manhã desta segunda-feira a circulação automóvel esteve condicionada e foram registados alguns acidentes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS