Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Porto/Post/Doc apresenta 44 estreias nacionais e 11 mundiais entre 01 e 08 de Dezembro

| Norte
Porto Canal com Lusa

A juventude e a cultura pop são celebradas II edição do Porto/Post/Doc, um festival que entre 01 e 08 de dezembro apresenta no Porto 66 filmes de 26 nacionalidades, com 44 estreias nacionais e 11 estreias mundiais.

O Porto/Post/Doc, um festival que conta com um investimento de 150 mil euros e com o apoio da Câmara do Porto, arranca dia 01 de dezembro e durante os oito dias seguintes vai passar uma média de sete a oito filmes diariamente em dois dos maiores espaços culturais do Porto - Teatro Municipal Rivoli e Cinema Passos Manuel, e nos Maus Hábitos.

O certame cinematográfico vai ter 66 filmes distribuídos por dez secções diferentes, de 26 nacionalidades, incluindo a portuguesa, sendo 43% das películas estrangeira, 30% realizados por mulheres e que vai apresentar em estreia mundial 11 filmes e em estreia nacional 44 filmes.

Actualizado 19-11-2015 16:15

O objetivo do Porto/Post/Doc é apresentar ao público "coisas que estão escondidas ou esquecidas", disse hoje Dario Oliveira, diretor do festival, em conferência de imprensa no Foyer do Rivoli (Porto).

Uma homenagem à realizadora belga Chantal Akerman, considerada uma realizadora do pós 'nouvelle vague', uma secção de "Cinema Falado", dedicado à língua portuguesa, outra dedicada ao mundo da música "Transmission", e o Grande Prémio Porto/Post/Doc onde estão a concurso 12 filmes das 404 películas que se candidataram a um prémio de dois mil euros, são alguns dos destaques do certame que vai contar com a presença de vários realizadores.

No Grande Prémio Porto/Post/Doc, que "representam a excelência e diversidade do documentário contemporâneo", destaca-se a estreia mundial de "Las Vegas in Parts", de Luciano Piazza.

Na secção "Transmission vão ser exibidas as estreias nacionais "Blur: New World Towers", de Sam Wrench e "Keith Richards: Under The Influence", de Morgan Neville, e na secção "Cinema Falado" passa, por exemplo "Porto da Minha Infância", de Manoel de Oliveira, mas também as estreias mundiais "Bairrismos", de Pedro Neves, e "A Causa e a Sombra", de Tiago Afonso.

Ao longo do Porto/Post/Doc vai ser realizado também o fórum "Onde Está o Real?", com debates sobre as imagens em movimento.

A organização do festival contou com uma equipa de 60 pessoas, das quais 25 voluntários, referiu Dario Oliveira, que fez questão de agradecer às gentes a "generosidade" e "muita inteligência" ao apoiaram a iniciativa cultural que só foi possível com "muitos micro financiamentos".

+ notícias: Norte

Trabalhadores de call center do hospital da Arrábida em greve contra transferência da empresa

Perto de 20 trabalhadores do call center do hospital da Luz Arrábida, em Gaia, fizeram em greve esta segunda-feira de manhã. Contestam a transferência para o hospital da Luz da Póvoa de Varzim, e dizem tratar se de uma decisão ilegal. Já a administração do hospital nega qualquer tipo de irregularidade no processo.

População de Trás-os-Montes sem água devido à seca extrema

Em Trás-os-Montes os agricultores continuam preocupados com a falta de água e seca extrema. Todos os dias os bombeiros voluntários de Miranda do Douro vêem-se obrigados a transportar cerca de 160 mil litros para garantir os níveis mínimos dos depósitos em algumas aldeias.

Mulher de 65 anos detida pela GNR em Fafe por suspeita de fogo posto

Uma mulher, de 65 anos, foi detida no domingo por suspeita de fogo posto, na localidade de Golães, segundo informação do Comando Territorial da GNR de Braga, através do sub-destacamento de Fafe.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...