ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Sócrates vai votar nas legislativas, mas sem pedir autorização

Sócrates vai votar nas legislativas, mas sem pedir autorização
| País
Porto Canal

Os advogados de José Sócrates anunciaram hoje que o ex-primeiro-ministro exercerá o seu direito de votar nas próximas eleições legislativas, a 04 de outubro, e não pedirá autorização para o fazer.

"José Sócrates exercerá, naturalmente, esse seu direito, garantido pelas leis e pela Constituição, e por isso não pedirá autorização alguma, limitando-se, se ainda for caso disso, a transmitir informações pertinentes", esclarecem os advogados João Araújo e Pedro Delille em comunicado enviado às redações.

Na nota, os advogados referem que não permitirão que "o exercício do seu [José Sócrates] direito cívico seja transformado por quem quer que seja, em espectáculo de humilhação pública dele em em prejuízo para o Partido Socialista".

Após nove meses e meio em prisão privativa, José Sócrates encontra-se desde o 05 de setembro em prisão domiciliária, com vigilância policial, no âmbito do processo "Operação Marquês".

+ notícias: País

Covid-19: Mais seis mortes e 291 novos casos nas últimas 24 horas em Portugal

Portugal regista hoje mais seis mortes e 291 novos casos de infeção confirmados de covid-19 por comparação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Burla imobiliária leva compradores a sinalizarem em milhares de euros apartamentos já vendidos

O proprietário de uma imobiliária em São João da Madeira enganou vários clientes na aquisição de imóveis que já tinham sido vendidos. A fraude envolveu diferentes compradores que pagaram milhares de euros para sinalizar os apartamentos mas que nunca conseguiram reaver o dinheiro.

GNR detém nove suspeitos de tráfico de droga em “megaoperação” em Santa Maria da Feira

A GNR de Aveiro deteve, durante a madrugada, nove pessoas por suspeitas de tráfico de droga, numa operação que envolveu mais de 130 militares na zona de Santa Maria da Feira, adiantou hoje esta força policial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.