Info

PJ deteve suspeitos de sequestro, roubo e atropelamento nas portagens da Maia

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Porto, 30 ago (Lusa) -- A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de dois homens suspeitos dos crimes de sequestro, roubo agravado e tentativa de homicídio na autoestrada A3, junto às portagens da Maia, a 15 de agosto.

Em comunicado enviado à Lusa, a diretoria do Norte da PJ revela que os crimes foram praticados contra "um cidadão, proveniente de Espanha, que se dirigia para a cidade do Porto", que um dos detidos atropelou "brutalmente".

A vítima foi "abordada pelos detidos numa área de serviço anterior àquelas portagens", "obrigada a abandonar o local" na companhia dos dois homens, e acabou por ser "brutalmente atropelada" por um dos homens quando, junto portagens, fugiu da viatura em que seguia para procurar ajuda, revela a PJ.

Agora, aquela força policial conseguiu identificar e deter "dois homens pela presumível autoria de crimes de sequestro e roubo agravados e tentativa de homicídio, perpetrados em 15 do corrente mês e ano".

Os detidos, com as idades de 40 e 45 anos, um dos quais com antecedentes criminais, já foram presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

ACG // MSP

Lusa/fim

+ notícias: Norte

Assalto deixa escola básica de Vila do Conde sem equipamentos informáticos

A Escola Básica de Bento de Freitas, em Vila do Conde, foi hoje de madrugada assaltada, tendo sido levados equipamentos informáticos, informou à agência Lusa o presidente do Agrupamento de Escolas Frei João.

Encarregados de educação exigem reforço de funcionários na Escola Básica Manuel António Pina em Vila Nova de Gaia

Os pais da Escola Básica Manuel António Pina, em Vila Nova de Gaia, concentraram-se esta terça-feira de manhã à porta do estabelecimento de ensino. Protestam contra a falta de funcionários e estão a recolher assinaturas para fazerem chegar à Assembleia da República uma petição para alterar a lei dos rácios.

Assaltantes levam cofre com cinco mil euros de uma Associação em Paredes

Um grupo de assaltantes levou, esta terça-feira de manhã, um cofre com cerca de cinco mil euros, documentos e outros bens da Casa do Povo de Sobreira, em Paredes, apurou o Porto Canal com fonte da GNR.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.