Info

Casamento entre homossexuais representa quase 1% dos casamentos em Portugal

Casamento entre homossexuais representa quase 1% dos casamentos em Portugal
| País
Porto Canal (SYE)

Os casamentos entre mulheres foram o únicos tipos de matrimónios que aumentaram no último ano. O Instituto Nacional de Estatística (INE) registou, em 2014, 127 casamentos gays no feminino, sendo que em 2013 foram registados 98.

Por outro lado, o casamento gay entre homens tem vindo a diminuir, sendo que em Dezembro de 2013 foram 207 e um ano depois 181. Durante todo o ano de 2014 houve 308 casamentos entre pessoas do mesmo sexo, isso corresponde a 0,97% do total de matrimónios.

No ano passado realizaram-se 523 matrimónios entre heterossexuais, num total de 31 170 casamentos. As cerimónias civis desceram de 19 920 para 19 816. Os casamentos católicos também registaram uma baixa, com 11 576 casamentos em 2013 e 11 178 em 2014. Os casamentos celebrados por outras religiões também baixaram, passando de 197 para 176.

Agosto é o mês com mais casamentos, sendo que em 2014 foram realizadas 5829. Setembro encontra-se em segundo lugar com 4 297 casamentos e logo atrás Julho com 3964 uniões.

+ notícias: País

Líder da Fenprof acusa Governo de "estoirar" com corpo docente em Portugal

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) acusou hoje, em Coimbra, a tutela de "estoirar" com o corpo docente as escolas com a sobrecarga de trabalho dos professores além das 35 horas semanais.

Ordem dos Médicos debate conceito Bobath aplicado na pediatria

É um conceito inovador de intervenção terapêutica aplicado a crianças com paralisia cerebral e doenças neurológicas. O conceito Bobath aplicado na pediatria procura uma aprendizagem ativa de forma a melhorar coordenação motora. O assunto foi debatido pela Ordem dos Médicos.

Vacinação contra a gripe começa hoje e há cerca de dois milhões de doses em Portugal

A época da vacinação contra a gripe arranca hoje em Portugal, tem dois milhões de vacinas disponíveis, 1,4 milhões para serem dadas gratuitamente a grupos de risco no SNS e cerca de 600 mil para venda em farmácias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.