Info

Agricultores de Aveiro pedem ao Governo que trave anunciada baixa do preço do leite

| Norte
Porto Canal com Lusa

A Associação da Lavoura do Distrito de Aveiro (ALDA) apelou hoje ao Governo para pôr fim à anunciada redução de três cêntimos no preço de cada litro de leite pago ao produtor a partir de 01 de Janeiro de 2015.

Em comunicado, a ALDA diz que esta baixa do preço do leite na produção acontece num momento de "grandes dificuldades" para os agricultores e é "uma forte machadada" para grande parte das explorações leiteiras.

A ALDA manifesta-se preocupada com esta situação, advertindo que "muitas explorações leiteiras, em particular as pequenas e médias explorações familiares, não irão resistir" a esta anunciada baixa de preços à produção.

Responsabilizando o Governo pela situação difícil dos agricultores, devido às "más políticas comunitárias e nacionais, com particular destaque do fim das quotas leiteiras", a ALDA apela ao executivo de Pedro Passos Coelho para que intervenha neste setor no sentido de pôr fim às dificuldades das explorações e à anunciada baixa do preço do leite na produção.

Por fim, a ALDA apela aos produtores à unidade, mobilização e luta em defesa da produção de leite do país.

Na passada segunda-feira a Associação dos Produtores de Leite de Portugal (APROLEP) também alertou para as consequências desta anunciada descida no preço do leite na produção, adiantando que para a maioria dos produtores, isto representará uma descida entre seis e oito cêntimos por litro no prazo de oito meses.

"Com esta baixa de quase 10%, a esmagadora maioria da produção irá ficar no limiar da rentabilidade e naturalmente aqueles que mais investiram nos últimos anos terão dificuldade em manter os compromissos assumidos", diz a APREOLEP.

A associação assinala ainda que o preço do leite em Portugal permaneceu abaixo da média comunitária desde abril de 2010 e não acompanhou os preços altos registados no norte e centro da Europa, lamentando que a indústria de lacticínios e a distribuição não aproveitassem a oportunidade para "corrigir essa injustiça contendo esta descida acentuada de preço".

A APROLEP salienta ainda que "a fileira do leite em Portugal apenas terá futuro se mantiver o grau de auto-aprovisionamento de leite produzido por produtores nacionais".

+ notícias: Norte

Viana do Castelo destruiu 2.554 ninhos de vespa asiática desde 2012

A Companhia de Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo destruiu no concelho, desde 2012, 2.554 ninhos de vespa asiática, num esforço municipal de "muitas dezenas de milhares de euros, disse hoje o comandante da corporação.

Federação Académica do Porto quer que o Estado recorra a privados para resolver os problemas de alojamento

A falta de alojamento para estudantes universitários sente-se também na cidade do Porto e por isso, a Federação Académica propõe, entre outras medidas, que o Estado recorra a privados para resolver o problema.

Autarquias de Amarante, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Santa Maria da Feira e Vizela negam viagem à Turquia paga por uma empresa informática

Várias autarquias já reagiram à notícia que adiantava que alguns presidentes de câmara teriam aceitado viajar à Turquia, numa deslocação paga por uma empresa de informática alegadamente a troco de contratos adjudicados por ajuste direto. Todos os municípios contactados pelo Porto Canal negam a ida a Istambul.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.