Info

Paredes de Coura leva pela primeira vez o inglês, música e teatro ao pré-escolar

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Paredes de Coura, 24 out (Lusa) - As alunos do pré-escolar de Paredes de Coura estão, pela primeira vez, a apreender inglês, música clássica e teatro num investimento de 25 mil euros suportado pela Câmara Municipal, revelou hoje à Lusa o autarca local.

Segundo Vítor Paulo Pereira, a medida - que o município "decidiu implementar este ano letivo, pela primeira vez e totalmente suportada pela autarquia - abrange todos os estabelecimentos de ensino pré-escolar, quer da rede pública quer da privada, num total de 197 crianças dos três aos cinco anos".

"A introdução dessas áreas permitirá o acesso de todas as crianças do pré-escolar a aprendizagens e vivências que implicam deslocações e acarretam despesas apenas possíveis para a bolsa de alguns, poucos, agregados familiares", explicou.

O programa pretende "estimular nas crianças a capacidade de criar, imaginar, experimentar e errar, sem medo".

O ensino do inglês, música clássica e expressão dramática foi implementado em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura, com as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho e com os educadores de infância.

O programa, adiantou, "assenta no pressuposto de que quanto mais cedo a criança conviver com a música, com uma segunda língua ou com o teatro, mais facilmente se desenvolverá e incrementará as suas capacidades nas outras áreas do conhecimento".

"Acreditamos na arte como instrumento educativo e vamos investir com continuidade nesta área. Todos os meninos têm um enorme potencial criativo que temos de desenvolver e estimular e neste contexto a arte oferece um conjunto de experiências que permitem o sentido de criatividade e de iniciativa bem como fomentam a imaginação fértil, a inteligência emocional e a reflexão crítica que permitem que cada um deles seja mais livre, mais autónomo e mais confiante", sustentou.

Segundo aquele responsável as áreas da Educação e Cultura representam "uma aposta" de Paredes de Coura "assumindo valores que ultrapassam já um milhão e meio de euros".

ABYC // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Vila Nova de Gaia pede à ARS-Norte para alargar horários dos centros de saúde

O presidente da câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, revelou hoje que pediu à Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) para alargar o funcionamento dos centros de saúde até às 23 horas.

Mais sete mortes por Covid-19 nos lares da Misericórdia de Bragança

Morreram mais sete idosos utentes dos lares da  Santa Casa da Misericórdia de Bragança por Covid-19, anuncio em comunicado esta segunda-feira a instituição, subindo assim o número de óbitos para 18 nos três lares da Misericórdia de Bragança.

Ordem dos Advogados indicia "violação grave" de direitos humanos no Lar do Comércio, em Matosinhos

A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados (CDHOA) detetou indícios de "violação grave" de direitos humanos no Lar do Comércio, em Matosinhos, e o "incumprimento reiterado" de orientações recebidas em vistorias, indica um relatório hoje divulgado.

Atualizado 19-10-2020 19:30

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.