Info

OE2020: Ministra da Saúde diz que aprovação "é crucial"

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 10 jan 2020 (Lusa) - A ministra da Saúde defendeu hoje que a aprovação do Orçamento do Estado "é crucial" para a saúde e "importante" por ser o primeiro após a aprovação da Lei de Bases da Saúde, o que significa "uma especial responsabilidade".

"A aprovação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 é importante, é crucial para a Saúde", afirmou Marta Temido no debate na generalidade da proposta de OE2020, que decorre hoje no parlamento.

Marta Temido adiantou que a aprovação do orçamento terá impacto na saúde, nas escolhas que foram feitas, "na melhoria de todas as prestações sociais, na habitação adequada a custos comportáveis, na melhoria da escola pública, na efetiva democratização do acesso ao ensino superior, nas opções ambientais".

Mas, salientou, "sobretudo é importante porque este será o primeiro Orçamento posterior à aprovação da nova Lei de Bases da Saúde e isso confere uma especial responsabilidade". ~

"A responsabilidade de perceber que não fica tudo feito, de que será sempre preciso bem mais do que um Orçamento do Estado para modernizar o SNS. Ou como disse recentemente o Presidente da República, nos cumprimentos de Natal, 'a exigência é uma sentinela que não pode dormir'", vincou a ministra.

"Acima de tudo a responsabilidade de perceber, também em matéria orçamental, quem vota contra o reforço do SNS", sustentou.

HN // JMR

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Covid-19: Setores têxtil, vestuário e calçado "preocupados" com prolongamento da crise

Os setores têxtil, vestuário e calçado estão "preocupados" com o eventual impacto de um prolongamento da crise do coronavírus, admitindo que poderá levar a quebras no fornecimento de matérias-primas e de encomendas provenientes da Ásia.

UE/Orçamento: Conselho Europeu termina em Bruxelas sem acordo

O Conselho Europeu extraordinário em Bruxelas consagrado ao orçamento plurianual da União para 2021-2027 terminou sem acordo, apenas cerca de 20 minutos após os líderes se terem sentado novamente à mesa para discutir a nova proposta, revelaram fontes europeias.

Luanda Leaks: Efacec garante "todas as condições" para pagar salários e a fornecedores

O Conselho de Administração da Efacec Power Solutions garantiu hoje que tem "uma gestão independente e reúne todas as condições para honrar os compromissos acordados" com todos os colaboradores e fornecedores, "não estando colocada a possibilidade" de incumprimento.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.