Info

DIAP do Porto abre inquérito à construção da ala pediátrica do hospital São João

DIAP do Porto abre inquérito à construção da ala pediátrica do hospital São João
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto abriu um inquérito à construção da ala pediátrica do hospital de São João, estando o mesmo em segredo de justiça, adiantou hoje à Lusa a Procuradoria-Geral da República (PGR).

“Encontra-se [construção da ala pediátrica] em investigação no DIAP do Porto, não tem arguidos constituídos e está em segredo de justiça”, indicou a PGR em resposta escrita à Lusa.

Questionado pela Lusa, o centro hospitalar disse não comentar processos em segredo de justiça.

A empreitada arrancou a 01 de outubro com a instalação do estaleiro e deverá estar concluída em 18 meses.

A ala pediátrica, que ficará integrada no edifício principal, terá cinco pisos e mais dois subterrâneos e capacidade para 98 camas.

O novo espaço acolherá várias especialidades, incluindo a pediatria, neonatologia, medicina intensiva pediátrica, oncologia pediátrica, cardiologia pediátrica, cirurgia pediátrica e a primeira unidade de queimados pediátricos do Norte.

Em 30 de agosto, a ministra da Saúde, Marta Temido, congratulava-se no Porto com o cumprimento do calendário estabelecido em outubro de 2018 para a construção da ala pediátrica, empreitada orçada em cerca de 25 milhões de euros que deverá ficar concluída em 2021.

A governante falava na assinatura do contrato para a construção da obra, entre o CHUSJ e a Casais – Engenharia e construção, selecionada de um conjunto de 14 empresas convidadas.

Dada a urgência da construção da ala pediátrica, a Lei do Orçamento do Estado para 2019 autoriza o CHUSJ a recorrer ao procedimento de ajuste direto na contratação da empreitada.

Há 10 anos que o hospital tem um projeto para construir uma ala pediátrica, mas desde então o serviço era prestado em contentores.

No início de julho, o CHUSJ anunciou o fim do internamento de crianças em 36 contentores e referiu que estas estruturas, provisórias há cerca de 10 anos, seriam desmontadas.

+ notícias: Norte

Conselho de Ministros autoriza verba para retirada dos resíduos de S. Pedro da Cova

A despesa para a remoção das toneladas de resíduos industriais perigosos depositadas em São Pedro da Cova, concelho de Gondomar, foi hoje autorizada pelo Conselho de Ministros.

Trabalhador soterrado após queda em obra no Porto

Um trabalhador ficou hoje soterrado numa obra na Avenida da Boavista, no Porto, estando "consciente e a ser assistido no local", disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

Encapuzados roubam malas com dinheiro em assalto à mão armada

Dois encapuzados armados assaltaram na quarta-feira duas pessoas na Rua Professor Camilo Oliveira, em Gondomar, levando duas malas com dinheiro antes de se porem em fuga com um terceiro cúmplice, informou hoje a PSP do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.