Info

Bolsa de Nova Iorque sobe após acordo para evitar 'shutdown'

| Economia
Porto Canal com Lusa

Nova Iorque, 12 fev (Lusa) - A bolsa de Nova Iorque seguia hoje em alta no início da sessão, depois de democratas e republicanos anunciarem um acordo de princípio para evitar uma nova paralisação parcial dos serviços da administração norte-americana.

Às 14:55 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones subia 0,99% para 25.301,91 pontos e o Nasdaq somava 0,98% para 7.379,43 pontos.

O índice alargado S&P 500 ganhava 0,80% para 2.731,48 pontos.

O acordo alcançado na segunda-feira à noite entre republicanos e democratas tem de ser ainda votado no Congresso e aprovado pela Casa Branca, mas destina-se a evitar um novo encerramento parcial da administração federal ('shutdown') no final desta semana.

Para financiar o muro reivindicado pelo Presidente norte-americano na fronteira com o México, o acordo prevê 1,375 mil milhões de dólares, que abrangem cerca de 88 quilómetros de obra, quando Donald Trump reclamava 5,7 mil milhões, de acordo com uma fonte citada pela AFP.

Na segunda-feira, a bolsa nova-iorquina encerrou mista, com o Dow Jones a ceder 0,21% e o Nasdaq a subir 0,13%.

EO // JNM

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Moody's diz que banca portuguesa deve reduzir rede de agências e tem que melhorar qualidade de ativos

Os bancos portugueses estão no bom caminho, mas devem continuar a melhorar a qualidade dos ativos e reforçar os esforços de reestruturação, nomeadamente em termos da redução da rede de agências, indicaram à Lusa especialistas da Moody's.

Economia cresceu 2,1% em 2018 e ficou abaixo da meta do Governo

O Produto Interno Bruto (PIB) português aumentou 2,1% em 2018, menos 0,7 pontos percentuais do que o observado no ano anterior e abaixo da previsão do Governo de uma expansão de 2,3%, divulgou esta quinta-feira o INE.

Sindicatos dizem que rejeição da abolição de portagens na A23 e A25 demonstra desprezo pelo interior

A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB) afirmou esta terça-feira que a rejeição das propostas para a abolição das portagens na A23 e na A25 é uma "demonstração do desprezo" pelo interior do país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.