Info

Hospital de Penafiel admite "grande aglomeração" de doentes na urgência

Hospital de Penafiel admite "grande aglomeração" de doentes na urgência
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa confirmou hoje verificar-se uma "grande aglomeração" na urgência do hospital de Penafiel, o que tem provocado queixas dos doentes devido aos longos períodos de espera.

"Confirmamos que a situação na urgência teve um afluxo inusitado no dia de ontem [quarta-feira], depois do fim de semana e do feriado, tendo havido uma grande aglomeração de utentes", pode ler-se numa posição escrita enviada à Lusa.

Ao longo desta quinta-feira, a Lusa registou relatos de bombeiros que transportaram doentes para a urgência de Penafiel (Hospital Padre Américo), dando conta da "situação caótica" do serviço, "com cerca de 30 doentes a aguardar internamento" e longos períodos de espera para o atendimento.

Confrontado o CHTS com a situação descrita pelos bombeiros, foi referido pela administração que "estão a ser tomadas as medidas possíveis que minimizem estes efeitos, esperando-se regularização nos próximos dias com a normalização da afluência para os patamares habituais".

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa é constituído pelos hospitais de Penafiel e Amarante e serve uma área onde vivem cerca de 520 mil habitantes.

+ notícias: Norte

Colisão rodoviária em Lousada faz cinco feridos. Um deles grave

Uma colisão entre dois veículos ligeiros de passageiros provocou cinco feridos, um deles em estado grave, na tarde deste sábado, na freguesia de Torno, junto à Casa de Juste, em Lousada, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Incêndio florestal em São Pedro da Cova dominado 

O incêndio florestal que chegou a ameaçar casas no lugar do Carvalhal, em São Pedro da Cova, Gondomar, na tarde deste sábado, foi dominado apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Atualizado 20-07-2019 16:15

Explosão de gás e incêndio obriga a retirar 28 idosos de lar na Feira

Uma explosão de gás num lar da terceira idade em Santa Maria da Feira, seguida de incêndio, obrigou este sábado à retirada dos 28 idosos que ali se encontravam, não havendo registo de feridos, apurou o Porto Canal junto das autoridades e disse o presidente da Câmara à Lusa.

Atualizado 20-07-2019 14:41

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.