Info

Avião que aterrou de emergência em Faro já seguiu para Amesterdão

| País
Porto Canal com Lusa

Redação, 12 nov (Lusa) -- O avião da companhia aérea holandesa Transavia que aterrou hoje, de emergência no aeroporto de Faro com 149 passageiros a bordo já seguiu para Amesterdão, disse à Lusa fonte da ANA - Aeroportos de Portugal.

O comandante do Boeing 738 comunicou problemas de pressurização quando fazia a ligação entre o Funchal, na ilha da Madeira, e Amesterdão, na Holanda, acabando por fazer divergir o voo HV6630 para o aeroporto de Faro, onde aterrou em segurança às 12:50.

De acordo com informação publicada no sítio de Internet FlightRadar 24, que monitoriza os voos em tempo real, a aeronave, que foi escoltada pela Força Aérea até Faro, partiu daquele aeroporto com destino a Amesterdão às 13:51, aproximadamente uma hora depois da aterragem de emergência.

De acordo com fonte da empresa responsável pelos aeroportos portugueses, a aterragem do Boeing 738 em Faro "correu normalmente" e é uma "situação que acontece em todos os aeroportos".

A aeronave foi assistida por dois F-16M da Força Aérea que, na sequência do alerta, ativou "todo o seu sistema primário de Busca e Salvamento, no decurso da ocorrência".

Esta foi a segunda vez em menos de 24 horas que a Força Aérea ativou a parelha de F-16 em alerta permanente na Base Aérea n.º 5, em Monte Real, Leiria, para escoltar uma aeronave civil em dificuldades.

No domingo, um avião da Air Astana, que descolou de Alverca e declarou emergência, esteve algum tempo a sobrevoar a região a norte de Lisboa e o Alentejo, numa trajetória irregular, antes de ter sido tomada a decisão de aterrar no aeroporto de Beja.

Neste caso, o Embraer da companhia do Cazaquistão tinha sofrido uma "falha crítica nos sistemas de navegação e de controlo de voo" e só conseguiu aterrar à terceira tentativa.

O voo KZR1388 descolou de Alverca às 13:21, e tinha como destino Minsk, capital da Bielorrússia, depois de um período de manutenção nas OGMA -- Indústria Aeronáutica de Portugal.

MAD (SF/JGS/ALU) // PNG

Lusa/Fim

+ notícias: País

Nove pessoas detidas durante buscas relacionadas com furto de armas na PSP

Nove pessoas foram esta quarta-feira detidas na sequência da operação “Ferrocianeto” relacionada com o furto de armas na direção nacional da PSP, ocorrido em 2017, segundo a Procuradoria Geral da República (PGR).

Fábrica em Águeda que tinha sido evacuada já retomou a laboração

A fábrica da multinacional indiana Sakthi, em Águeda, no distrito de Aveiro, já retomou a laboração depois de ter sido evacuada esta quarta-feira de manhã após um derrame de material incandescente, disse à Lusa fonte dos bombeiros locais.

Acesso ao maciço central da Serra da Estrela encerrado devido à queda de neve

O acesso ao maciço central da Serra da Estrela está esta quarta-feira de manhã encerrado devido à queda de neve e às condições meteorológicas adversas, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.