Info

Liga das Nações: Fernando Santos diz que Portugal não ganhava o Euro a defender

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Chorzow, Polónia, 10 out (Lusa) - O selecionador português de futebol, Fernando Santos, recusou hoje que, desde 2016, privilegie o trabalho ofensivo em relação ao defensivo, notando que, se assim fosse, Portugal não teria conquistado o campeonato da Europa há dois anos.

Confrontado com a opinião de Jerzy Brzeczek, selecionador da Polónia, adversário de quinta-feira, em jogo da Liga das Nações, Fernando Santos diz não concordar com ela.

"É a análise dele, e respeito, mas não concordo. Se só defendesse, Portugal não podia ter conquistado o campeonato da Europa (2016). Temos que ser muito fortes nos dois momentos, ofensivo e defensivo, é isso que tentamos fazer nos poucos dias em que estamos juntos", disse, na conferência de imprensa de antevisão do jogo de quinta-feira, em Chorzow.

O técnico, que hoje completa 64 anos, disse esperar "um jogo tremendamente difícil".

"A equipa polaca tem muita qualidade, como mostrou nos últimos dois jogos, com a Itália e a República da Irlanda. Mudou de treinador e temos de estar ao melhor nível, porque são duas equipas que querem vencer e temos que estar a mais de 100 por cento para conseguir esse objetivo", disse.

O treinador frisou ainda a particularidade de esta ser uma fase de qualificação de apenas quatro jogos, o que torna "cada jogo mais importante do que numa qualificação de 10 jogos".

Até por isso, notou, a Polónia quererá vencer Portugal.

"Isso é legítimo, joga em casa, é uma grande equipa e acredita que pode vencer, mas Portugal também", frisou.

O selecionador não quis alongar-se em comentários sobre a ausência de Cristiano Ronaldo.

"Já disse que o melhor do mundo é o melhor do mundo, mas não vamos estar sempre a falar sobre isso, amanhã (quinta-feira) não está e temos que nos centrar nos que estão", disse.

Contudo, Fernando Santos mostrou-se confiante que, em breve, o 'capitão' da seleção nacional voltará: "Ele já respondeu a isso, que continua totalmente focado para jogar pelo seu país e nada antevejo em sentido contrário".

Passam-se também hoje quatro anos desde que Fernando Santos assumiu o comando da seleção portuguesa e o técnico diz que, apesar de nunca se sentir totalmente realizado, tem uma carreira "muito interessante", tendo lembrado o título europeu conquistado em França há dois anos.

O técnico admitiu ainda que esta competição possa não agradar tanto aos clubes, mas que é importante para as seleções.

"Os clubes podem não concordar tanto, dado o desgaste físico, é natural, mas, pelo lado das seleções, é muito importante, porque temos pouco tempo para trabalhar com os jogadores e é muito diferente jogos particulares ou oficiais, em que há um objetivo", disse.

Nos primeiros 15 minutos do treino, que foram abertos à comunicação social, os 25 jogadores convocados efetuaram os habituais exercícios de aquecimento com bola, com os três guarda-redes a trabalharem à parte.

Portugal lidera o Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, com três pontos, e a Polónia é segunda, com um, e defrontam-se quinta-feira, no Estádio Slaski, em Chorzow, na Polónia, a partir das 19:45 (em Lisboa).

GYS // PFO

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Canoísta Fernando Pimenta conquista medalha de prata em K1 1000

O canoísta Fernando Pimenta conquistou esta quarta-feira a medalha de prata na prova de K1 1000 dos II Jogos Europeus, elevando para 10 o número de pódios de Portugal em Minsk, igualando Baku2015.

Trio de ginastas da Maia recebidas com euforia depois de conquistarem várias medalhas na Bielorrússia

Ginastas do Acro Clube da Maia chegaram ao aeroporto Sá Carneiro bastante emocionadas e muito felizes com os resultados obtidos na Bielorrússia, nos jogos europeus.

Telma Monteiro soma terceira medalha lusa e a sua 13ª em Europeus

A judoca Telma Monteiro deu este sábado a terceira medalha a Portugal nos II Jogos Europeus, ao bater a holandesa Sanne Verhagen num dos combates do bronze da categoria de -57kg, mantendo o pleno de pódios em Europeus.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.