Info

Serenata da Romaria d’Agonia de Viana do Castelo adiada por risco de incêndio

Serenata da Romaria d’Agonia de Viana do Castelo adiada por risco de incêndio
| Norte
Porto Canal

A Serenata da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia, festa que se realiza em Viana do Castelo, foi adiada devido à proibição da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, entre os dias 18 e 22 de agosto, por causa do agravamento do risco de incêndio, avançou este domingo a comissão de festas em comunicado.

O evento foi adiado para o próximo sábado dia 25 de agosto à meia-noite, uma vez que "considerando o aviso meteorológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, por causa do agravamento do risco de incêndio para o território do Continente, e considerando o Aviso à população sobre o aumento da severidade meteorológica e a necessidade de adotar medidas preventivas e especiais de reacção face ao risco de incêndio, a Situação de Alerta foi declarada para os distritos de Braga, Bragança, Guarda, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu", indica o comunicado.

No âmbito da Declaração da Situação de Alerta, foi definida a proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que possam ter sido emitidas.

+ notícias: Norte

Homem agredido e sequestrado durante assalto à sua residência em Famalicão

Um homem de 27 anos foi agredido e sequestrado na última noite durante um assalto à mão armada à casa onde reside em Oliveira S. Mateus, em Famalicão, disse hoje fonte da GNR.

Estudo de investigadores do Porto conclui que cães podem ajudar a detetar doneças oncológicas

Um grupo de investigadores do Porto realizaram um estudo e concluíram que os cães ao partilharem com um humano a mesma "exposição ambiental" podem alertar para o surgimento de doenças oncológicas.

Ana Pires: a primeira cientista-astronauta portuguesa da NASA

É natural de Espinho, tem 38 anos e tornou-se na primeira cientista-astronauta portuguesa da NASA. Ana Pires quer agora prosseguir os estudos na agência espacial americana e colocar Portugal no mapa espacial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.