Info

Incêndios: Proteção Civil dá como extinto fogo na Madeira

| País
Porto Canal com Lusa

Funchal, Madeira, 10 ago (Lusa) -- O incêndio que deflagrou na noite de quinta-feira na freguesia da Camacha, na Madeira, "está extinto", permanecendo no local meios para a fase de rescaldo e prevenção, disse o secretário com a tutela da Proteção Civil na região.

"Neste momento, podemos dizer que incêndio que deflagrou esta noite na Camacha [concelho de Santa Cruz] está extinto e mantemos meios operacionais no local para ações de rescaldo e de prevenção", afirmou o secretário regional da Saúde madeirense numa conferência de imprensa, ao início da tarde.

Pedro Ramos informou que o alerta para o fogo florestal foi dado por um popular, cerca das 20:40, tendo sido enviados para o local os meios necessários de acordo com a avaliação do Serviço Regional de Proteção Civil.

O governante mencionou que o total de meios humanos afetos ao combate a este incêndio foi de 48, "mais 16 quando começou a fase de substituição", além de 18 veículos, uma ambulância e um helicóptero que começou a participação ao início da manhã de hoje, antecipando a sua atuação para 07:30.

O responsável salientou que "foram reforçados os meios durante a noite" e elogiou o trabalho das sete corporações envolvidas no combate ao fogo, nomeadamente os municiais de Santa Cruz, Machico, Voluntários Madeirenses, Sapadores do Funchal, de Câmara de Lobos, Ribeira Brava e Santana.

Pedro Ramos destacou a importância da circunscrição do fogo, o que permitiu que o helicóptero atuasse de forma mais eficaz.

O secretário madeirense referiu que permanecem no local 40 operacionais e 12 viaturas para ações de rescaldo e prevenção.

Também fez um apelo à população da Madeira para "estar atenta, evitar fazer fogueiras e queimadas num tempo em que temperaturas são elevadas", para evitar este tipo de situações.

Até hoje, a Madeira registou neste verão "três incêndios com alguma dimensão", adiantou Pedro Ramos, sublinhando que "o meio aéreo foi utilizado com alguma eficácia e eficiência".

AMB // ROC

Lusa/fim

+ notícias: País

Chuva regressa a Portugal continental a partir de quarta-feira

O estado do tempo em Portugal continental vai mudar a partir de quarta-feira, dia em que se prevê períodos de chuva a partir do final da tarde em todo o território, disse à Lusa a meteorologista Paula Leitão.

Proteção Civil do Porto avisa que os bombeiros podem perder receita se não reportarem ocorrências

O presidente da Comissão Distrital da Proteção Civil do Porto, Marco Martins, disse esta segunda-feira que não reportar as ocorrências ao Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) pode significar "perda de receita" para os corpos de bombeiros.

Atualizado 11-12-2018 11:46

Ordem dos Enfermeiros abandona Convenção Nacional de Saúde

A Ordem dos Enfermeiros decidiu abandonar a Convenção Nacional de Saúde por considerar que o seu propósito já foi cumprido e que a hora é de agir, uma vez que a reflexão sobre o setor está feita.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.