Jornal Diário Jornal das 13

Preservativos Durex recolhidos do mercado por falhas nos testes de pressão de rutura

Preservativos Durex recolhidos do mercado por falhas nos testes de pressão de rutura
| País
Porto Canal com Lusa

Alguns lotes de preservativos Durex estão a ser retirados do mercado pelo fabricante por não cumprirem os requisitos de pressão de rutura nos testes de durabilidade de produto, informou a Autoridade do Medicamento.

Segundo o Infarmed, em causa estão alguns lotes dos preservativos Durex Real Feel (12 unidades) e Durex sem látex (12 unidades), fabricados pelo laboratório Reckitt Benckiser Healthcare.

"Apenas os preservativos de lotes afetados podem apresentar um aumento do risco de rutura durante a sua aplicação ou uso, devendo sempre ser seguida a informação constante na rotulagem do produto", refere a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde.

O Infarmed recomenda aos consumidores que verifiquem com as autoridades os números dos lotes afetados e, se tiverem embalagens destas em casa, os devolvam ou diretamente ao fabricante, contactando a linha de apoio da Durex (808 203 300), no local onde foi comprado ou em qualquer farmácia.

"Os distribuidores, retalhistas e farmácias devem parar a comercialização dos lotes afetados, proceder à sua recolha do mercado e colocá-los em quarentena para posterior devolução", acrescenta o Infarmed.

+ notícias: País

Acidente em prédio em obras provocou um morto e um ferido ligeiro em Lisboa

O acidente de trabalho que ocorreu hoje à tarde num prédio em obras, na freguesia da Misericórdia, em Lisboa, fez um morto e um ferido ligeiro, disse à Lusa fonte do INEM.

Adesão à greve dos enfermeiros no Norte varia entre 9,5% e os 62%

O conselho diretivo da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte afirmou hoje que a percentagem de adesão à greve dos enfermeiros, que começou na segunda-feira, “oscila entre os 9,5% e os 62%”.

Sindicato diz que a greve dos enfermeiros adia mil cirurgias no S. José, Sta. Maria e S.João

A greve dos enfermeiros, que cumpre hoje o segundo dia, vai obrigar ao adiamento de mil cirurgias nos hospitais de Santa Maria e S. José, em Lisboa, e no São João, no Porto, disse à Lusa uma fonte sindical.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.