Info

Preservativos Durex recolhidos do mercado por falhas nos testes de pressão de rutura

Preservativos Durex recolhidos do mercado por falhas nos testes de pressão de rutura
| País
Porto Canal com Lusa

Alguns lotes de preservativos Durex estão a ser retirados do mercado pelo fabricante por não cumprirem os requisitos de pressão de rutura nos testes de durabilidade de produto, informou a Autoridade do Medicamento.

Segundo o Infarmed, em causa estão alguns lotes dos preservativos Durex Real Feel (12 unidades) e Durex sem látex (12 unidades), fabricados pelo laboratório Reckitt Benckiser Healthcare.

"Apenas os preservativos de lotes afetados podem apresentar um aumento do risco de rutura durante a sua aplicação ou uso, devendo sempre ser seguida a informação constante na rotulagem do produto", refere a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde.

O Infarmed recomenda aos consumidores que verifiquem com as autoridades os números dos lotes afetados e, se tiverem embalagens destas em casa, os devolvam ou diretamente ao fabricante, contactando a linha de apoio da Durex (808 203 300), no local onde foi comprado ou em qualquer farmácia.

"Os distribuidores, retalhistas e farmácias devem parar a comercialização dos lotes afetados, proceder à sua recolha do mercado e colocá-los em quarentena para posterior devolução", acrescenta o Infarmed.

+ notícias: País

Ministro acusa Liga dos Bombeiros de ser "absolutamente irresponsável"

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, acusou este domingo a Liga dos Bombeiros Portugueses de ser “absolutamente irresponsável” por poder colocar em causa a segurança das pessoas ao abandonar a Autoridade de Proteção Civil (ANPC).

Atualizado 09-12-2018 13:55

Fim das faturas em papel pouparia 280 mil árvores de serem cortadas por ano

O fim das faturas em papel poderá significar menos 281 mil árvores cortadas por ano, o equivalente a uma floresta do tamanho de 281 campos de futebol, segundo uma estimativa da associação ambientalista Zero.

Sete distritos com aviso amarelo a partir das 14h00 devido a agitação marítima

Sete distritos portugueses vão estar sob aviso amarelo devido a agitação marítima das 14h00 deste domingo até às 08h00 de segunda-feira, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.