Info

Desconhecimento do resultado das análises mantém fechada praia em Matosinhos

| Norte
Porto Canal com Lusa

A bandeira azul da Praia do Cabo do Mundo, em Matosinhos, continuou esta segunda-feira arriada, aguardando-se os resultados das análises para determinar se passaram os feitos do escorrimento de "lamas" da ETAR detetado, disse à Lusa fonte oficial.

Atualizado 07-08-2018 11:37

Segundo o comandante da Zona Marítima do Norte, Rodrigues Campos, o "resultado das análises entretanto efetuadas continuam por chegar", pelo que o "desaconselhamento de banhos vai manter-se até a Agência Portuguesa do Ambiente emitir o seu parecer".

"Enquanto não obtivermos o resultado das análises a bandeira azul vai continuar arriada", reforçou o comandante.

A Praia do Cabo do Mundo foi fechada após ter sido detetado, na sexta-feira, um "escorrimento para o mar" com origem alegadamente numa Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que existe em Leça da Palmeira (Matosinhos).

"À vista desarmada a praia apresenta-se limpa depois dos serviços da Câmara de Matosinhos terem feito a limpeza do areal", divulgou Rodrigues Campos, sem que isso possa ser "entendido como a praia estar pronta" par receber os veraneantes.

A Câmara de Matosinhos admitiu no sábado que a praia poderia vir a ser reaberta hoje com bandeira azul, tendo em conta a "pouca quantidade derramada" para o areal, mas, até ao momento, essa realidade continua por confirmar-se.

+ notícias: Norte

Estrada A29 reaberta nove horas depois de ter sido cortada em Gaia

A circulação no sentido sul/norte da A29, em São Félix da Marinha (Gaia), foi esta terça-feira retomada às 16h20, nove horas após o corte devido a um acidente com um pesado e cinco ligeiros, disseram fontes oficiais.

Leça da Palmeira: Monte de Santana pode estar a colocar em risco moradores

Os moradores que vivem junto ao Monte de Santana, em Leça da Palmeira, estão alarmados com a constante queda de pedras do talude. A Câmara Municipal de Matosinhos diz que essa parte do terreno é responsabilidade dos moradores e não da autarquia mas garante que não há perigo de derrocada. Ainda assim, quem ali mora, sente-se inseguro.

Greve paralisou Metro do Porto com adesão de "98 a 99%"

A greve desta segunda-feira dos "cerca de 200" profissionais da ViaPorto ao serviço da Metro do Porto teve uma "adesão entre os 98% e os 99%", levando a uma paralisação quase total, segundo o sindicato.

Atualizado 11-12-2018 11:30

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.