Info

Tour: Groenewegen vence sétima etapa, van Avermaet segura amarela

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Chartres, França, 13 jul (Lusa) - O holandês Dylan Groenewegen (Lotto NL-Jumbo) venceu hoje ao sprint a sétima etapa da Volta a França em bicicleta, após a qual o belga Greg van Avermaet (BMC) conservou a camisola amarela, símbolo da liderança.

Na ponta final dos 231 quilómetros da mais longa tirada desta edição, que ligou Fougères a Chartres, Groenewegen bateu o colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) e o esloveno Peter Sagan (BORA-hansgrohe), segundo e terceiro, respetivamente, com o mesmo tempo do vencedor (5:43.42 horas).

Van Avermaet cortou a meta no 16.º lugar, com o mesmo registo, e mantém o comando, com seis segundos de vantagem sobre o britânico Geraint Thomas (Sky) e oito em relação ao seu colega norte-americano Tejay van Garderen.

A oitava etapa, com 181 quilómetros a ligar Dreux e Amiens, é propícia a uma nova chegada ao sprint.

PA // VR

Lsua/fim

+ notícias: Desporto

Bruno de Carvalho acusado de terrorismo e mais 98 crimes

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho foi acusado pelo Ministério Público de ser autor moral de crimes classificados como terrorismo e outros 98 ilícitos criminais, no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia de Alcochete.

Bruno de Carvalho e Mustafá saem em liberdade do Tribunal do Barreiro

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá saíram hoje em liberdade, sujeitos a apresentações diárias às autoridades, no âmbito da investigação ao ataque à academia de Alcochete, anunciou hoje Tribunal do Barreiro.

Leitura das medidas de coação a Bruno de Carvalho e Mustafá adiada para as 11:00

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o líder da claque Juventude Leonina, conhecido por Mustafá, só conhecerão hoje as medidas de coação no âmbito da investigação à invasão à academia de Alcochete a partir das 11:00.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.