Info

SEF detém dois responsáveis por tráfico de seres humanos para mendicidade

| País
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 08 jun (Lusa) -- Uma operação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) em Aveiro deteve dois responsáveis por uma rede de tráfico de seres humanos para exploração na mendicidade e prática de pequena atividade criminosa e constituiu um terceiro arguido.

No comunicado divulgado hoje pelo SEF afirma-se que a operação foi desencadeada na noite de sexta-feira passada em "três locais da periferia de Aveiro, no âmbito de inquérito crime, dando cumprimento a mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público".

Na operação foram identificados 20 cidadãos nos quais "foram reconhecidas ligações familiares diretas".

Fonte do SEF disse à Lusa que os dois cidadãos que hoje foram presentes no Tribunal Judicial de Aveiro e o terceiro arguido são de "nacionalidade estrangeira".

Na operação foram também "recolhidos depoimentos e outros indícios dos crimes de tráfico de seres humanos, ofensas à integridade física qualificada, coação e extorsão, e apreendida uma quantia significativa de dinheiro".

A operação aconteceu 48 horas após "a sinalização dos ilícitos ilegais" e contou com a participação de 20 inspetores do SEF e o apoio do Comando da PSP de Aveiro.

NL // VC

Lusa/Fim

+ notícias: País

Fim de semana com temperaturas amenas no litoral e perto dos 40 no interior

O fim de semana vai ser marcado por temperaturas mais amenas no litoral em oposição ao interior onde os termómetros podem chegar aos 37 graus em Castelo Branco e aos 36 em Évora e Beja, segundo o IPMA.

Bastonário defende maior aposta na prevenção e cheque-dentista para menores de 6 anos

O bastonário dos médicos dentistas defende uma maior aposta na prevenção em detrimento da abordagem direcionada para o tratamento na área da saúde oral, considerando que não faz sentido o cheque dentista não abranger menores de seis anos.

Inspetores e funcionários da PJ avançam para greve

A Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal (ASFIC) da PJ vai marcar uma greve a todo o trabalho suplementar, realizado pelos inspetores entre as 17:00 e as 9:00, em protesto contra a proposta dos estatutos profissionais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.