Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Governo aprova na quinta-feira nova estratégia de inovação para Portugal - António Costa

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- O Governo vai aprovar, na quinta-feira, uma nova estratégia de inovação para Portugal 2018-2030, "com metas claras", incluindo um investimento global em Inovação e Desenvolvimento (I&D) até 2030, anunciou hoje o primeiro-ministro, no parlamento.

Outra das metas do Governo nesta estratégia, anunciada por António Costa, no debate quinzenal, na Assembleia da República, em Lisboa, será democratizar o acesso ao ensino superior.

O objetivo é alcançar "níveis de participação na ordem dos 60%, entre os jovens de 20 anos, e alargar para 50% o número de graduados na faixa etária de 30-34 anos".

Por outro lado, no Conselho de Ministros de quinta-feira, o Governo vai aprovar o programa "GoPortugal", que inclui o apoio a novos acordos de colaboração entre Portugal e a Carnegie Mellon University, o Massachusetts Institute of Tecnology (MIT), a Universidade do Texas, em Austin, e a Sociedade Fraunhofer.

Um quarto ponto será a aprovação de Lei da Ciência para "modernizar o regime jurídico das instituições que se dedicam à investigação científica e desenvolvimento tecnológico" e de forma a reforçar "as condições de emprego científico e qualificado".

NS // VAM

Lusa/fim

+ notícias: Política

Rui Moreira vai reunir-se com presidentes das juntas do Porto para aperfeiçoar descentralização

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, avançou na segunda-feira à noite que vai reunir "prontamente" com os sete presidentes das juntas de freguesias para "aperfeiçoar o modelo de descentralização".

Governo avança com obras de requalificação no IP3 entre Viseu e Coimbra

O Governo vai avançar com as obras no IP3, ficando a ligação Viseu-Coimbra com quatro vias e sem portagens. Apesar do anúncio já ter sido feito, os autarcas da região querem saber quando terão início as obras.

Autarca de Oliveira de Azeméis quer "concelho atrativo para viver, investir e trabalhar"

O Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis disse que o investimento por parte do Estado em Oliveira de Azeméis "é residual" e quer que o Governo assuma o papel que lhe compete, no esforço por transformar o concelho num dos melhores do país "para viver, investir e trabalhar".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.