Info

Governo aprova na quinta-feira nova estratégia de inovação para Portugal - António Costa

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- O Governo vai aprovar, na quinta-feira, uma nova estratégia de inovação para Portugal 2018-2030, "com metas claras", incluindo um investimento global em Inovação e Desenvolvimento (I&D) até 2030, anunciou hoje o primeiro-ministro, no parlamento.

Outra das metas do Governo nesta estratégia, anunciada por António Costa, no debate quinzenal, na Assembleia da República, em Lisboa, será democratizar o acesso ao ensino superior.

O objetivo é alcançar "níveis de participação na ordem dos 60%, entre os jovens de 20 anos, e alargar para 50% o número de graduados na faixa etária de 30-34 anos".

Por outro lado, no Conselho de Ministros de quinta-feira, o Governo vai aprovar o programa "GoPortugal", que inclui o apoio a novos acordos de colaboração entre Portugal e a Carnegie Mellon University, o Massachusetts Institute of Tecnology (MIT), a Universidade do Texas, em Austin, e a Sociedade Fraunhofer.

Um quarto ponto será a aprovação de Lei da Ciência para "modernizar o regime jurídico das instituições que se dedicam à investigação científica e desenvolvimento tecnológico" e de forma a reforçar "as condições de emprego científico e qualificado".

NS // VAM

Lusa/fim

+ notícias: Política

Bastonário dos Médicos considera "não fazer sentido" operar sem enfermeiros nos blocos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, afirmou esta segunda-feira, no Porto, que "não faz sentido" os médicos operarem sozinhos nos hospitais onde decorre a greve dos enfermeiros em blocos operatórios, porque não se está a viver "nenhuma situação de catástrofe".

Atualizado 11-12-2018 11:28

PAN quer alterar lei para que sexo sem consentimento seja crime de violação

O PAN quer alterar o Código Penal para que o sexo sem consentimento seja considerado crime de violação e endurecer a moldura penal para que os violadores cumpram pena de prisão, disse à Lusa o deputado André Silva.

Marcelo Rebelo de Sousa pede a Bombeiros e Governo que evitem afirmações que dificultem o diálogo

O Presidente da República apelou este domingo, a propósito do conflito entre Liga dos Bombeiros e Governo, para que todos os intervenientes evitem afirmações públicas que dificultem o diálogo neste "domínio muito sensível" da Proteção Civil.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.