Info

PSP deteve 373 pessoas durante a 'Operação Carnaval'

PSP deteve 373 pessoas durante a 'Operação Carnaval'
| País
Porto Canal com Lusa

Mais de 300 pessoas foram detidas, 177 das quais por condução com excesso de álcool, no âmbito da Operação Polícia Sempre Pressente - Carnaval em Segurança que terminou na terça-feira, revelou esta quarta-feira a Polícia de Segurança Pública (PSP).

Em comunicado, a PSP adiantou que entre os dias 08 e 13 de fevereiro foram detidas 373 pessoas, menos 51 do que em igual período do ano passado, 177 das quais por condução com excesso de álcool (menos 33 do que em 2017).

Das 373 detenções, 50 foram por tráfico de droga (menos 15 do que em igual período de 2017), 44 por condução sem habilitação legal (menos seis), 29 por furto (mais 14), 22 por mandado de detenção (menos 10) e oito por posse de arma ilegal (menos um).

A PSP anuncia também que no decorrer da operação, foram apreendidas 14 armas (4 de fogo e 6 armas brancas), 1.258 doses de cocaína, 2.762 de heroína, 9.546 de haxixe e seis quilogramas de explosivos.

No âmbito da fiscalização a estabelecimentos, a PSP detetou 104 infrações, das quais 19 por venda de álcool a menores de 16 anos e seis por venda de tabaco a menores de 18 anos.

Durante a operação Carnaval, a PSP fiscalizou mais de 18.270 viaturas e detetou 2.219 infrações por excesso de velocidade (menos 2.688 que em 2017), 193 infrações por falta de inspeção (mais 57) e 172 por utilização de telemóvel/smartphone durante a condução (mais 5).

Quanto à sinistralidade rodoviária, a PSP registou 682 acidentes (menos 179 que em 2017), dos quais resultaram 189 feridos leves (menos 44), 10 feridos graves (mais 2) e uma vítima mortal (menos uma que em 2017).

A PSP realizou naquele período 134 ações de sensibilização sobre artigos pirotécnicos, armas e explosivos que permitiram alcançar 3.116 pessoas.

+ notícias: País

Jovem de 23 anos morre soterrada em derrocada que atingiu restaurante na Madeira

Uma mulher de 23 anos morreu este sábado na Calheta, na Madeira, na derrocada que atingiu um restaurante, confirmaram os bombeiros à agência Lusa.

IGAI abre inquérito à atuação da GNR na captura de suspeitos de tráfico de droga

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) abriu um inquérito para investigar a atuação de militares da GNR durante a captura de suspeitos de tráfico de droga na Auto Estrada 29, indicou este sábado à Lusa a Guarda Nacional Republicana.

Grupo de cidadãos 'luta' por alargamento da licença de maternidade

Um grupo de cidadãos quer levar ao Parlamento uma proposta de alteração à lei que permita alargar a licença de maternidade paga a 100 por cento até aos seis meses de vida da criança. A ideia é que as mães possam amamentar os filhos durante meio ano, como recomenda a Organização Mundial de Saúde, sem as complicações do regresso ao trabalho.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.