Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Greve de médicos na região Norte com grande impacto e surpresa entre utentes

| Norte
Porto Canal com Lusa

A greve de médicos na região Norte convocada para esta quarta-feira está a ter impacto em várias cidades, especialmente no Porto, Bragança e Braga, e a ser sentida com bastante surpresa por parte dos utentes, avança esta quarta-feira a agência Lusa.

Atualizado 11-10-2017 17:04

No Centro Hospitalar do São João, no Porto, a greve foi sentida sobretudo nas consultas de controlo de sangue e ainda na consulta de ginecologia pós-operatória, avança a Lusa.

Os utentes que falaram à agência Lusa manifestaram-se surpreendidos e até irritados pelo impasse de que foram informados no momento do atendimento, relembrando as consequências que vão sentir de não terem a consulta.

A greve repercutiu-se também ao nível das unidades de saúde familiar, tendo na de Valbom, em Gondomar, faltado os três médicos que estavam ao serviço de manhã, disse à Lusa uma fonte daquela unidade.

Em Bragança, a greve dos médicos fechou todos os blocos operatórios dos três hospitais do distrito levando ao cancelamento de 22 cirurgias, informou a representante dos sindicatos à Lusa.

O centro de saúde de Santa Maria também foi afetado sendo que a expressão mais ouvida pela Lusa entre os utentes foi de “ai há greve?”.

Já em Braga, a greve teve mais impacto num dos principais centros de saúde da cidade onde a adesão ronda os 100% em algumas unidades, avança a agência Lusa.

Os médicos reclamam assim a redução de 18 horas para 12 horas semanais no serviço de urgência, bem como a diminuição dos utentes por médico de família de 1.900 para 1.500 utentes.

A greve foi convocada pelos dois sindicatos médicos - Sindicato Independente dos Médicos e Federação Nacional dos Médicos.

+ notícias: Norte

Tempestade faz voar telhado com nove toneladas em Penafiel

Um telhado com cerca de nove toneladas voou no passado domingo, na freguesia de Rio Mau, em Penafiel. Os destroços deixaram duas vias cortadas e até ao momento apenas foi possível repor o trânsito numa delas.

Taxa turística no Porto espera aprovação da Assembleia Municipal

A taxa turística é praticamente uma certeza na cidade do Porto. O imposto de dois euros foi esta terça-feira aprovado em reunião de Câmara e aguarda aprovação final da Assembleia Municipal. Com esta taxa a autarquia espera um encaixe financeiro anual de 6 a 8 milhões de euros.

Trabalhadores de empresa de Valongo protestam por salários em atraso

30 trabalhadoras de uma unidade de confeção em Valongo protestaram esta terça-feira em frente à empresa para reclamar salários em atraso. Ao Porto Canal a administração garantiu que vai pagar os salários em falta até ao final da semana.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS