Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Festival de cinema de Locarno termina com "Verão Danado" português em competição

| País
Porto Canal com Lusa

Locarno, Suíça, 12 ago (Lusa) - O Festival de Cinema de Locarno termina hoje, na Suíça, e tem a longa-metragem portuguesa "Verão Danado", primeira obra de Pedro Cabeleira, na competição para jovens realizadores, entre outros cinco filmes com produção nacional.

Estreado em Locarno na secção "Cineastas do presente", "Verão danado" é uma ficção, mas retrata um tempo que é também o do realizador e dos mais de cem jovens atores e técnicos que entram no filme.

"Foi feito com pessoal da nossa idade, que tinha acabado a escola. Houve essa energia que foi contagiante entre uns e outros, principalmente entre os atores. Faziam 20 papéis no filme. Houve esta luta que não foi só minha. Foi uma luta de muita gente para que isto acontecesse", contou Pedro Cabeleira, de 25 anos, à agência Lusa.

Em Locarno, foram ainda exibidas a curta-metragem "O homem de Trás-os-Montes", de Miguel Moraes Cabral, fora de competição, e o documentário "António e Catarina", produção portuguesa da romena Cristina Hanes, na competição de curtas.

A estes juntaram-se ainda dois filmes com coprodução portuguesa: "9 dedos", do francês F.J. Ossang, na competição oficial, e "Milla", de Valerie Massadian, na competição de jovens realizadores.

O festival de Locarno completa a 70.ª edição com 18 filmes em competição pelo Leopardo de Ouro.

Entre estes estão a produção brasileira "As boas maneiras", de Juliana Rojas e Marco Dutra - com direção de fotografia do português Rui Poças -, "Ta peau si lisse", de Denis Côte, e "La telenovela errante", rodada nos anos 1990 por Raoul Ruiz e finalizada pela mulher, Valeria Sarmiento.

O Festival de Locarno distinguiu, com os prémios de honra, o realizador Todd Haynes, o ator Adrien Brody e o diretor de fotografia José Luis Alcaine.

SS // MAG

Lusa/fim

+ notícias: País

Duas pessoas levadas para o hospital por inalação de fumo após incêndio em Aveiro

Duas pessoas foram transportadas ao hospital por “inalação de fumo”, na sequência do incêndio que obrigou a evacuar um lar de idosos e outro edifício em Aveiro e que foi “dominado às 14h35”, informou fonte da Proteção Civil.

Triplicaram casos de sarampo na Europa em 2017 para mais de 14 mil casos

Mais de 14 mil casos de sarampo foram notificados em 30 países europeus no ano passado, triplicando o número de situações registadas em 2016, segundo um relatório publicado este mês pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças.

Funcionários e bolseiros da Universidade de Aveiro querem regularização imediata de vínculos laborais

Cerca de 50 professores, funcionários e bolseiros da Universidade de Aveiro protestaram em frente à reitoria. Em causa estão os vínculos de trabalho precário e o programa do Estado para a regularização desses contratos. A Universidade diz que os processos ainda estão a ser analisados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.