Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Governo aprova autorização legislativa para regular exercício de intermediário de crédito

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 mai (Lusa) -- O Governo aprovou hoje uma proposta de lei de autorização legislativa para regular o acesso e o exercício da atividade de intermediário de crédito e criar um regime de controlo de idoneidade.

Na reunião de hoje do Conselho de Ministros foi "aprovada uma proposta de lei de autorização legislativa que tem por objeto regular o acesso e o exercício da atividade de intermediário de crédito e da prestação de serviços de consultoria relativamente a contratos de crédito a celebrar com consumidores e instituir um regime de controlo de idoneidade, conhecimentos e competências e da isenção".

Segundo o comunicado da reunião, foi ainda aprovada a proposta de lei que transpõe parcialmente a diretiva comunitária 2014/91/EU, "visando a regulação das políticas de remuneração das entidades gestoras de fundos de investimento, a intensificação dos requisitos e das obrigações dos depositários e o estabelecimento de um regime sancionatório substantivamente mais robusto e completo".

O Governo afirma que, assim, "dá mais um passo no sentido do reforço da segurança das poupanças aplicadas em fundos de investimento e da melhoria da confiança dos investidores".

CSJ // ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Défice até outubro melhora para 1.830 ME

O défice das administrações públicas foi de 1.838 milhões de euros até outubro, "uma melhoria de 2.664 milhões de euros", segundo o Ministério das Finanças.

António Costa diz que decisão de transferir Infarmed para o Porto já estava decidida

O primeiro-ministro, António Costa, disse, em entrevista à Antena 1, que a decisão de transferir a sede do Infarmed para o Porto já estava tomada e admitiu que a comunicação feita aos trabalhadores "não foi a melhor".

Eduardo Vítor Rodrigues duvida que mudança do Infarmed para o Porto se concretize

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto tem muitas dúvidas que o Infarmed venha para o Porto. Eduardo Vítor Rodrigues, diz-se "estufefacto com as reações elitistas lisboetas", que considera serem defensoras do centralismo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS