Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Fábio Coentrão acusado de 'desviar' 1,29 milhões de euros do fisco espanhol

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Madrid, 16 mai (Lusa) -- O português Fábio Coentrão enfrenta acusações de fraude fiscal, depois de a Procuradoria de Madrid apresentar queixas contra o futebolista, acusado de defraudar o fisco em 1,29 milhões de euros, entre 2012 e 2014.

A Procuradoria acusa também o internacional colombiano Falcao, atualmente no Mónaco, de ter defraudado as 'finanças', entre 2012 e 2013 em valores na ordem dos 5,66 milhões de euros, após uma investigação aos dois futebolistas em âmbito fiscal.

Em relação a Coentrão, o ex-jogador do Benfica terá assinado em 2011 um contrato no qual 'simulava' a cedência dos seus direitos de imagem à sociedade Rodinn Company, domiciliada no Panamá.

Segundo a investigação, nesse mesmo ano essa empresa cedeu os direitos a uma outra na Irlanda, designada Multisports Image Management Limited, quando pouco depois passou a ter domicilio fiscal em Madrid, com a chegada ao Real Madrid nesse mesmo ano.

A Procuradoria entende que o lateral manteve a estrutura societária com o objetivo de manter 'fora do radar' do fisco espanhol os ganhos com os direitos de imagem, cifrados em 1,29 milhões de euros.

Ainda de acordo com as autoridades, Falcao teve a "intenção de obter um benefício fiscal ilícito", ao omitir na sua declaração quantidades recebidas quando estava ao serviço do Atlético Madrid, mas também na seleção colombiana.

O domicílio fiscal do jogador era Pozuelo, em Madrid, quando o jogador colombiano representava o Atlético Madrid.

Estas denúncias juntam-se às apresentadas pelas autoridades espanholas contra o argentino Angel Di Maria e o português Ricardo Carvalho, quando eram jogadores do Real Madrid e também por alegada evasão fiscal.

RPM // NF

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

"Nada do que foi divulgado no "Chama Imensa" foi sustentado por provas"

Francisco J. Marques sublinha que nada do que foi alegado no programa "Chama Imensa" da BTV foi suportado por provas.

"O Benfica está tão envolvido como Horácio Piriquito"

Francisco J. Marques afirma que a decisão de Horácio Piriquito de se demitir da posição de vogal do Conselho Fiscal da Federação Portuguesa de Futebol terá surgido na sequência da divulgação de emails com alegadas informações priviligiadas da FPF a Pedro Guerra.

Carlos Vieira lembra as lágrimas depois de vencer o Nacional de Ralis

Carlos Vieira sagrou-se este fim de semana Campeão Nacional de Ralis. O piloto natural de Fafe, falou em entrevista ao Porto Canal sobre todo o percurso que tem feito no mundo dos ralis, nos últimos anos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS