Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Mulher morre colhida por comboio em São Martinho do Campo

Mulher morre colhida por comboio em São Martinho do Campo
| Norte
Porto Canal (AYR)

Uma mulher com idade entre os 50 e os 60 anos morreu, esta sexta-feira, colhida por um comboio inter-regional no apeadeiro de São Martinho do Campo, em Valongo, avança fonte oficial dos Bombeiros Voluntários de Valongo ao Porto Canal.

O acidente ocorreu por volta das 12 horas ficando a linha cortada durante uma hora.

A mulher estaria na linha quando o comboio inter-regional, que fazia sentido Porto-Régua, a colheu no apeadeiro de São Martinho do Campo, onde não efetua paragem.

Segundo fonte oficial dos Bombeiros, a mulher não tinha qualquer identificação e a Guarda Nacional Republicana (GNR) de Valongo está a investigar o caso.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Valongo, a GNR de Valongo e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (V.M.E.R.) do Hospital de São João, no Porto, que declarou o óbito.

+ notícias: Norte

Greve parcial da EMEF pode levar a corte de linhas do metro do Porto a partir de quinta-feira

Mais de 200 mil passageiros do metro do Porto estão a ser afetados diariamente desde que se começaram a sentir os efeitos da greve dos trabalhadores da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF), num braço de ferro que continua sem solução à vista. O Coordenador Metropolitano dos Transportes, Marco Martins, autarca de Gondomar, admite um cenário de caos, caso três linhas sejam cortadas já a partir de quinta-feira.

Operadores turísticos do cais de Gaia "revoltados" com obras em época alta

Os operadores turísticos do Douro estão revoltados com as obras de requalificação do cais de Vila Nova de Gaia, promovidas pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL). Os operadores queixam-se que em plena época alta do turismo, as obras vão afetar o negócio.

Cinco pessoas detidas em flagrante delito por incêndio florestal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve entre domingo e segunda-feira cinco pessoas em flagrante delito por crime incêndio florestal, nos distritos de Bragança, Portalegre, Porto, Vila Real e Viseu, informou esta terça-feira esta força de segurança.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.