Jornal Diário Jornal das 13

Bragança Fernandes diz que metro até à Trofa é uma questão de "justiça"

Bragança Fernandes diz que metro até à Trofa é uma questão de "justiça"
| Norte
Porto Canal (MYR)

O presidente da Câmara da Maia (PSD), Bragança Fernandes, defendeu, na tarde desta sexta-feira que a construção da linha da Trofa deve ser elaborada no âmbito da extensão da rede do Metro do Porto, por uma questão de justiça.

Bragança Fernandes, Presidente da Câmara da Maia afirmou esta sexta-feira, que a linha do metro até à Trofa "tem de ser feita" por "justiça", citado pelo Jornal de Notícias.

Esta questão em torno da extensão da rede do Metro do Porto também foi mencionada pelo presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins, que é também administrador não executivoda empresa de transporte público em representação da Área Metropolitana do Porto, que questionou o Conselho Metropolitano sobre a posição que o acionista (minoritário) AMP vai tomar quando o Governo anunciar a sua decisão.

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, remeteu para o dia 07 de fevereiro o anúncio sobre quais as linhas a construir no âmbito da extensão da rede do Metro do Porto.

Bragança Fernandes teve ao seu lado o presidente da Câmara da Trofa, que defende a construção da linha no seu concelho, tendo em conta que, em fevereiro de 2002, a circulação rodoviária nas linhas da CP da Póvoa de Varzim e da Trofa foram encerradas para dar início às obras de construção do canal do metro.

+ notícias: Norte

CGTP anuncia queixa ao Ministério Público de alegada “tortura psicológica” por empresa da Feira

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) vai apresentar queixa ao Ministério Público contra a empresa de Santa Maria da Feira que acusa de exercer "tortura psicológica" sobre uma operária reintegrada por ordem judicia.

Atualizado 22-09-2018 12:37

Colisão entre dois carros provoca um morto e um ferido grave em Gondomar

Um colisão entre dois automóveis ligeiros provocou, este sábado, uma vítima mortal e um ferido grave, na EN108, em Zebreiros, Gondomar, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Valbom.

Diretor artístico do Museu de Serralves apresenta demissão

O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou na sexta-feira a sua demissão porque "já não tinha condições para continuar à frente da instituição", segundo disse o próprio ao jornal Público.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.