Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Festival de cinema Porto/Post/Doc vai às escolas com nova secção "Mini"

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 20 out (Lusa) -- O festival de cinema Porto/Post/Doc vai contar com focos dedicados ao Sensory Ethnographic Lab (S.E.L.) e a Eryk Rocha, segundo o diretor, que anunciou a criação de uma secção "Mini" para o público mais jovem, incluindo as escolas.

"A novidade do festival é um desejo que nos acompanha desde a primeira edição, que é alargar o programa para os mais jovens a uma secção autónoma, que tem várias valências, desde a exibição de filmes à organização de oficinas, a aulas de cinema e aqui há uma inovação: é que o festival sai do seu lugar habitual da Baixa do Porto e vai às escolas do Grande Porto", afirmou à Lusa o diretor do Porto/Post/Doc, Dario Oliveira, acrescentando que vão deslocar-se a escolas de todos os ciclos de ensino.

De acordo com o responsável do evento que vai decorrer entre 26 de novembro e 04 de dezembro entre o Teatro Municipal Rivoli, o Passos Manuel e o Maus Hábitos, algo que interessa cada vez mais à direção do festival é "devolver o prazer de ver cinema no lugar certo, que não é um ecrã de computador, não é um iPad nem é a televisão, é o ecrã de uma sala de cinema".

"Estamos a desenvolver esta série de atividades para um público alargado porque temos a convicção de que um festival deve ser isto também, investir nos mais novos e voltar à magia da sala de cinema, mas isso só se faz com um trabalho continuado que provavelmente não se vai esgotar em poucos anos, mas sim em muitos e continuaremos a fazê-lo nos próximos anos", disse Dario Oliveira.

A secção competitiva vai contar com 13 filmes, três dos quais portugueses, havendo também a secção Transmission (em parceria com a promotora e editora Lovers & Lollypops, que programa quatro concertos) e a "habitual rubrica de reflexão e discussão do cinema atual" que é o Fórum do Real.

Em comunicado enviado na terça-feira, o Porto/Post/Doc sublinhou que "o S.E.L. é um laboratório experimental de cinema da Universidade de Harvard (EUA) e constitui-se atualmente como um dos lugares mais vibrantes e criativos do cinema contemporâneo", enquanto Eryk Rocha, "filho do realizador Glauber Rocha, também estará no festival para apresentar uma retrospetiva dos seus documentários".

TDI // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

80% do concelho de Castelo de Paiva foi destruído pelo fogo

Cerca de 80% do concelho de Castelo de Paiva foi consumido pelo fogo que começou em Vale de Cambra. A situação mais preocupante viveu-se esta segunda-feira na freguesia de Real. Várias casas foram destruídas pelas chamas e pelo menos 200 pessoas tiveram de ser retiradas de um pavilhão.

Autarca de Vouzela estima que 80% a 90% do concelho tenha sido "arrasado" pelas chamas

O presidente da Câmara de Vouzela, Rui Ladeira, disse esta terça-feira que "80% a 90% do concelho foi arrasado" pelas chamas, que também deixaram "pelo menos 20 famílias desalojadas" e destruíram "centenas de postos de trabalho".

Em Vouzela a população entrou em desespero com a força das chamas

                               

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

Mazgani - "The Faintest Light"