Info

De Fassbinder a Leonor Teles para ver na 3.ª Mostra de Cinema Anti-Racista no Porto

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 03 out (Lusa) -- A terceira edição da Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista (MICAR) vai exibir filmes gratuitos que vão de Fassbinder a Leonor Teles, entre 14 e 16 de outubro, em festa, mas também em reflexão, como disse hoje a organização.

Em declarações à Lusa, Joana Santos, do SOS Racismo, destacou dois momentos particulares da programação deste ano, que volta a decorrer no Rivoli: em primeiro lugar, as duas curtas-metragens de Leonor Teles (a premiada "Balada de um batráquio", no dia 14 às 19:00, e "Rhoma Acans", no dia seguinte às 18:30) e a exibição de "O medo come a alma" de Rainer Werner Fassbinder, também dia 15, às 16:30.

"Ainda na sexta-feira, iremos também inaugurar uma exposição de fotografia, que estará localizada no próprio Rivoli, sobre o projeto que o SOS Racismo tem vindo a desenvolver em 2016, denominado 'Não engolimos sapos', e que se centra na problemática da utilização de sapos nas montras de lojas comerciais, com o propósito de afastar elementos de comunidades ciganas", acrescenta a organização em comunicado.

No sábado à noite vai ser exibido "Judgment in Hungary", com a presença da realizadora Eszter Hajdú, enquanto na sexta-feira à tarde vão ser mostrados vários filmes para crianças e jovens como "O clube das crianças feias", de Jonathan Elbers.

Joana Santos afirmou que a MICAR tem crescido desde a primeira edição, tendo percebido que existe um público próprio para o evento, que mistura duas vertentes: quem se interessa por questões de cidadania e o público específico do cinema, acrescentando que o facto de todas as sessões serem grátis é também um facto de captação de público.

"Não há parágrafo que possua a amplitude necessária para abarcar todas as palavras e imagens repetidas ao longo do último ano. É neste contexto que a 3.ª edição da MICAR assume o desafio de dar um rosto às palavras, de se aproximar à realidade de quem as habita e de derrubar muros. Afinal, o cinema tem esse condão: não nos deixar indiferentes e não deixar cair o Outro na indiferença", escreve a organização em comunicado.

A responsável da organização sublinhou que também o tema dos refugiados vai estar em cima da mesa, em particular com a exibição de "Lampedusa in Winter", no domingo às 21:30.

"Esta mostra é uma festa, mas é um momento de reflexão e de debate e por isso temos também o catálogo com textos de diversos convidados", lembrou Joana Santos.

TDI // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

PSP de São Mamede de Infesta tem posto encerrado durante a noite devido a falta de pessoal

O posto da Polícia de Segurança Pública (PSP) de São Mamede de Infesta, em Matosinhos, está encerrado durante a noite, à semelhança do que acontece na Maia, Valongo e Ermesinde. A razão também é a mesma, falta de pessoal efectivo.

Dois mortos em alegado caso de homicídio seguido de suicídio em Famalicão

Duas pessoas morreram este domingo em Famalicão, distrito de Braga, num caso que leva as autoridades a suspeitar do homicídio de uma mulher seguido de suicídio do marido, disseram à Lusa fontes da Proteção Civil.

Mais de 10 horas depois, incêndio em Vila Real está em fase de resolução

O incêndio rural em Perafita, Vila Verde, distrito de Vila Real, está em fase de resolução, mantendo-se no local 150 bombeiros e 49 veículos, segundo informação disponível às 07h30 na página da Proteção Civil.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.