Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

De Fassbinder a Leonor Teles para ver na 3.ª Mostra de Cinema Anti-Racista no Porto

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 03 out (Lusa) -- A terceira edição da Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista (MICAR) vai exibir filmes gratuitos que vão de Fassbinder a Leonor Teles, entre 14 e 16 de outubro, em festa, mas também em reflexão, como disse hoje a organização.

Em declarações à Lusa, Joana Santos, do SOS Racismo, destacou dois momentos particulares da programação deste ano, que volta a decorrer no Rivoli: em primeiro lugar, as duas curtas-metragens de Leonor Teles (a premiada "Balada de um batráquio", no dia 14 às 19:00, e "Rhoma Acans", no dia seguinte às 18:30) e a exibição de "O medo come a alma" de Rainer Werner Fassbinder, também dia 15, às 16:30.

"Ainda na sexta-feira, iremos também inaugurar uma exposição de fotografia, que estará localizada no próprio Rivoli, sobre o projeto que o SOS Racismo tem vindo a desenvolver em 2016, denominado 'Não engolimos sapos', e que se centra na problemática da utilização de sapos nas montras de lojas comerciais, com o propósito de afastar elementos de comunidades ciganas", acrescenta a organização em comunicado.

No sábado à noite vai ser exibido "Judgment in Hungary", com a presença da realizadora Eszter Hajdú, enquanto na sexta-feira à tarde vão ser mostrados vários filmes para crianças e jovens como "O clube das crianças feias", de Jonathan Elbers.

Joana Santos afirmou que a MICAR tem crescido desde a primeira edição, tendo percebido que existe um público próprio para o evento, que mistura duas vertentes: quem se interessa por questões de cidadania e o público específico do cinema, acrescentando que o facto de todas as sessões serem grátis é também um facto de captação de público.

"Não há parágrafo que possua a amplitude necessária para abarcar todas as palavras e imagens repetidas ao longo do último ano. É neste contexto que a 3.ª edição da MICAR assume o desafio de dar um rosto às palavras, de se aproximar à realidade de quem as habita e de derrubar muros. Afinal, o cinema tem esse condão: não nos deixar indiferentes e não deixar cair o Outro na indiferença", escreve a organização em comunicado.

A responsável da organização sublinhou que também o tema dos refugiados vai estar em cima da mesa, em particular com a exibição de "Lampedusa in Winter", no domingo às 21:30.

"Esta mostra é uma festa, mas é um momento de reflexão e de debate e por isso temos também o catálogo com textos de diversos convidados", lembrou Joana Santos.

TDI // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Exportações sobem 35% em Braga

As exportações de Braga cresceram trinta e cinco por cento no ano passado e o município é o sétimo mais exportador do país. Dados destacados pela Investbraga, no dia em que foi feito o balanço de quatro anos de atividade da agência de investimento.

Pais movem ação judicial para impedir transferência da ala pediátrica do Hospital de S. João

Os pais de crianças que estão a receber tratamento oncológico no Hospital de S. João vão mover uma ação judicial para impedir a transferência da ala pediátrica. Temem que devido ao atraso nas obras aconteça mesmo uma deslocalização dos serviços. Uma das possibilidades é uma instalação provisória no Centro Materno Infantil do Porto.

Produtores certificados recebem selo de autenticidade para a Fogaça da Feira

Em Santa Maria da Feira foram entregues os rótulos da marca Fogaça da Feira a 15 produtores associados do Agrupamento de Produtores de Fogaça da Feira. A confeção deste pão doce já tinha sido reconhecida e certificada. Agora chegou o selo da qualidade num processo que demorou mais de uma década.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS