Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Região de Coimbra quer promover património com investimento de 1,5 ME

| Economia
Porto Canal com Lusa

Coimbra, 29 set (Lusa) - A Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra prepara a candidatura do projeto "Coimbra Região de Cultura", destinado a promover o património, que ultrapassa 1,5 milhões de euros, anunciou hoje aquela entidade.

Segundo um comunicado da CIM enviado à agência Lusa, o projeto tem vindo a ser trabalhado com os seus 19 municípios, tendo como pressuposto central "a valorização dos recursos patrimoniais da região e a criação de produtos turísticos de qualidade, que contribuam para o aumento do número de turistas e da sua estada média.

Outro dos objetivos passa por "afirmar a região como destino turístico de excelência".

O projeto aprovado pelo Conselho Intermunicipal está alinhado também com as estratégias regionais para os setores do turismo, do património e da cultura.

Integram a CIM Região de Coimbra os municípios de Condeixa-a-Nova, Arganil, Cantanhede, Coimbra, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mealhada, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares.

De acordo com a entidade, além de suprir uma lacuna no contexto regional, o projeto de candidatura em curso estimula a cooperação entre os 19 municípios e prevê "a valorização da singularidade do património da região, bem como um programa permanente e transversal baseado numa área artística, a par de uma rede de programação profissional em recintos culturais".

"A operação 'Coimbra Região de Cultura' está articulada com outros projetos promovidos pela CIM Região de Coimbra, pelos municípios e agentes culturais, por forma a existir articulação territorial e alinhamento com o Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial", salienta o documento.

A CIM destaca ainda que o projeto, baseado num processo participativo e de auscultação dos agentes políticos e técnicos, "tem como pano de fundo o acordo alargado no que diz respeito ao desenvolvimento de projetos de natureza e de escala intermunicipal, algo nunca feito até hoje neste território a esta escala".

AMV // SSS

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Sindicato diz que Carris deve três milhões de euros a funcionários e promete avançar para tribunal

O Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM) disse este domingo que a Carris deve cerca de três milhões de euros a motoristas e guarda-freios, a título de descansos compensatórios vencidos, não gozados e não pagos, e garante que vai avançar para a via judicial.

Viseu, Algarve e Madeira vão ter novos centros de inovação e tecnologia nos próximos meses

Viseu, Algarve e Madeira vão ter novos centros de inovação e tecnologia nos próximos meses. A novidade foi dada a conhecer no 2º aniversário da Altice Labs.

Sindicatos dizem que manifestação contra CTT conta com 2.000 pessoas, polícia aponta 1.500

Os sindicatos afetos aos CTT afirmam que estão cerca de 2.000 pessoas na manifestação contra a atual situação dos Correios, enquanto a polícia aponta para 1.500, disseram à Lusa os responsáveis no local.

Atualizado 24-02-2018 12:03

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.