Plano de Recuperação Económica: "Não é de esperar que haja alterações de fundo ao que foram as linhas mestras do Plano"

| Porto Canal

João Cerejeira, economista, analisa o que poderá sair da reunião entre António Costa e os partidos face à elaboração do Plano de Recuperação Económica, e diz que "não é de esperar que haja alterações de fundo ao que foram as linhas mestras do Plano porque estas linhas vêm essencialmente daquilo que são, podemos dizer, as imposições e orientações ao nível da União Europeia".

João Cerejeira acrescenta ainda que "Portugal tem que apresentar um plano que se encaixe nas grandes linhas definidas da União Europeia, mesmo quando essas linhas apontam caminhos que para o caso português, sendo importantes, poderão não ser prioritárias".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.