"O José Mário era dos últimos que tem as costas direitas"

| Porto Canal

Guilhermino Monteiro, maestro, conta que o que mais recorda do músico José Mário Branco "é uma humanidade extrema" e "uma pessoa de princípios inabaláveis". Acrescenta ainda que nos tempos atuais o músico "era dos últimos que tem as costas direitas".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.