Câmara de Viana do Castelo garante que ligação rodoviária ao Porto avança ainda em 2024

Câmara de Viana do Castelo garante que ligação rodoviária ao Porto avança ainda em 2024
| Norte
Porto Canal

O novo autocarro que ligará, diariamente, Viana do Castelo à cidade do Porto deverá arrancar ainda no presente ano, escreve, esta quarta-feira, o Jornal de Notícias, citando o anúncio feito pelo presidente da região do Alto Minho, Luís Nobre.

A escolha da operadora está encarregue à Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, sendo que a seleção será feita por intermédio de uma consulta ao mercado.

O autarca garantiu à mesma fonte que ambas as autarquias (Viana do Castelo e Porto) estão disponíveis para custear a futura operação em partes iguais, independe mente do valor em questão.

“Foi pedido ontem [segunda-feira] à Comunidade Intermunicipal que se diligencie o mais rapidamente possível, garantindo toda a transparência no processo e convidando os operadores que operam neste circuito sem ser Expresso, para que todos tenham oportunidade de apresentar a sua proposta de modo a que seja a mais vantajosa para os utentes e autoridades de transporte”, evidenciou o Edil, que foi citado pelo diário.

+ notícias: Norte

CCDR-N confiante na conclusão do projeto de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo

O presidente da Comissão de Coordenação Regional e Desenvolvimento (CCDR) do Norte, António Cunha, revelou esta quinta-feira à Lusa estar confiante e moderadamente otimista sobre a conclusão do projeto de ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo em 2032.

Colisão entre ligeiro de mercadorias e motociclo condiciona trânsito na A44 em Gaia

Uma colisão entre um veículo ligeiro de mercadorias e um motociclo está a obstruir parcialmente o trânsito no sentido Sul-Norte da A44, em Gaia, avança ao Porto Canal fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Área Metropolitana do Porto.

Inspeção-Geral de Saúde abre inquérito à morte de doente com pulseira verde nas urgências de Viana

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) anunciou esta sexta-feira ter instaurado um processo de inspeção às circunstâncias em que ocorreu a morte de um utente triado com pulseira verde no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.