Sérgio Conceição: "A atitude é inegociável"

Sérgio Conceição: "A atitude é inegociável"
| Desporto
Porto Canal

Sérgio Conceição promete “fazer tudo para ganhar” ao Casa Pia (domingo, 18h00).

Garantida a presença na final da Taça de Portugal, com um triunfo convincente sobre o Vitória SC (3-1), o FC Porto desloca-se ao reduto do Casa Pia desejoso de regressar aos bons resultados no campeonato (domingo, 18h00, Sport TV1). Em Rio Maior, com Manuel Oliveira no apito e Luís Ferreira no VAR, Sérgio Conceição quer uma equipa a “lutar pelos três pontos sem olhar para a tabela classificativa”.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

 

Frente a um opositor “que não faz nem sofre muitos golos”, “defende bem e é consistente”, tem “jogadores tecnicamente evoluídos, sai rápido para o ataque e cria dificuldades ao adversário nesse momento”, o treinador portista reforça a importância de “ser inteligente no jogo” e “perceber o que explorar para criar dificuldades na boa organização defensiva do Casa Pia”. “O equilíbrio é a base para ganhar”, “a reação à perda da bola” assume um papel determinante e “é tão importante defender bem como atacar bem”, explica.

Aos cinco nomes no boletim clínico juntam-se as queixas de Pepe - a contas com “uma ligeira inflamação no tendão de Aquiles” -, Francisco Conceição - que “sentiu uma dor forte no calcanhar, fez gelo, queimou o calcanhar e não consegue calçar uma sapatilha - e Gonçalo Borges - que sofreu “traumatismo no treino de há dois dias, treinou medicado e sentiu-se pior” -, oito dores de cabeça para um treinador que reconhece “potencial para alguns juniores estarem na equipa principal num futuro próximo e, se calhar, um ou dois jogadores entram diretamente na convocatória”.

Evanilson cumprirá o segundo (e último) jogo de suspensão e também é baixa confirmada, mas Sérgio Conceição tem visto “Taremi sempre comprometido e profissional”, a “trabalhar bem dentro do registo pretendido” e o iraniano só “não jogava porque outros companheiros estavam melhor do que ele”. Trata-se de “uma opção válida para o jogo” da 30.ª jornada que irá “ganhar uma vida própria” à medida que se for desenrolando.

“Vamos fazer tudo para ganhar os cinco jogos que faltam a começar por este, um jogo fora, do campeonato, sempre difícil”, assegura o timoneiro seguro de que “o futuro dos clubes passa pela formação”, “uma mais-valia em todos os aspetos”, e de que “os sub-19 mereciam mais do que a eliminação nos penáltis” na meia-final da Youth League. Na “última convocatória mais de metade dos jogadores passaram pela equipa B”, relembra antes de endereçar “os parabéns ao Capucho e ao Folha” por um “trabalho fantástico” e “de louvar”: “O sucesso do clube passará por aí”.

Porque “os sócios, adeptos e simpatizantes só se preocupam em ganhar o próximo jogo”, o mister considera que “é preciso atitude em tudo na vida” e esta “é inegociável, tem que estar sempre presente”. “Os jogadores têm a responsabilidade de se auto motivarem, sabem em que clube estão, vão jogar a final da Taça, jogaram os oitavos da Champions” e estão habituados a “uma exigência e rigor no trabalho muito grandes”. “Ambição e determinação diária, foco e concentração total no objetivo de sempre: a vitória” - eis o mote para a viagem rumo ao Sul.

Veja ou reveja a conferência de imprensa de Sérgio Conceição na íntegra.

+ notícias: Desporto

FC Porto: Diogo Costa, Pepe e Francisco Conceição convocados para o Euro 2024

FC Porto empresta três atletas à seleção portuguesa

FC Porto (Sub-17): Mora e Varela já faturam no Euro

Martim Cunha, lateral esquerdo do FC Porto, também foi titular no Portugal 2-1 Espanha.