FC Porto: André Villas-Boas apresenta direção das modalidades

FC Porto: André Villas-Boas apresenta direção das modalidades
| Desporto
Porto Canal

Mário Santos é o escolhido pelo candidato da Lista B

Mário Santos tem uma “experiência única e singular nas instâncias nacionais e internacionais, tendo sido presidente da Federação Portuguesa de Canoagem entre 2004 e 2013. Foi membro da Comissão Executiva do Comité Olímpico de Portugal entre 2009 e 2013. Foi vice-presidente da Associação Europeia de Canoagem e chefe da missão portuguesa nos Jogos Olímpicos de 2012” e, por isso, é a aposta de André Villas-Boas para diretor das modalidades do FC Porto.

O rosto do movimento “Só há um Porto” lançou o repto na sede de candidatura: “Ao Mário Santos caberá assegurar o edifício organizativo das modalidades do seu clube, desde a formação ao alto rendimento, à operação, aos serviços e à gestão. Reforçar a competitividade das modalidades em atividade, incluindo nas mesmas a vertente feminina. Continuar a aposta no desporto adaptado, integrar novas modalidades que se enquadrem na estratégia e cultura do clube”.

No 128.º aniversário das primeiras Olimpíadas da era moderna, Mário Santos confidenciou que “participar neste processo é uma honra e uma fonte de motivação”. “Sou um apaixonado por desporto e pelo FC Porto. O desafio é profissional, mas estou convicto que só pode ter sucesso quem tem um verdadeiro conhecimento do que é ser à Porto. O desafio é exigente, temos oito modalidades coletivas e individuais, profissionais e amadoras, mas temos apenas uma campeã olímpica, a extraordinária Fernanda Ribeiro”, afirmou antes de destacar a “importância das modalidades na história do FC Porto”, de lembrar a “margem de progressão” das mesmas e de prometer “continuar a apoiar todas as modalidades em atividade, reforçar a aposta na formação, no aumento da prática desportiva e na autossustentabilidade das mesmas nunca perdendo a capacidade de lutar por títulos”.

“Não podemos ser um clube de casa às costas para competir e treinar” e “para nos mantermos competitivos não podemos ficar reféns de paradigmas do passado”, atirou o antigo membro do Conselho Nacional do Desporto enquanto salientava a importância da “existência de um pavilhão com valências multidisciplinares no Centro de Alto Rendimento do Olival que foi apresentado” por André Villas-Boas. “O desporto exige uma resposta ágil, eficiente e eficaz para atrairmos praticantes, adeptos e para continuarmos a ganhar”, concluiu Mário Santos.

As eleições para a presidência do FC Porto terão lugar no próximo dia 27 de abril, um sábado, no Estádio do Dragão.

+ notícias: Desporto

Pepe: "Temos que demonstrar respeito pelo Sporting"

O último desafio da temporada 2023/24 centra as atenções do mundo do futebol em Oeiras, cidade anfitriã da decisão da Taça de Portugal que, este domingo, irá opor o FC Porto ao Sporting (17h15, RTP1). Convidado a fazer a antevisão do clássico na sala de imprensa do Estádio Nacional, Pepe deu voz a um grupo de atletas que encaram “todos os jogos com a máxima seriedade”, decididos a “dar o melhor trabalhando como equipa e demonstrando o espírito de querer ganhar” que faz do FC Porto “um grande clube”.

Sérgio Conceição: “Somos um clube que vive de títulos”

Sérgio Conceição antevê “um jogo competitivo e difícil” frente ao Sporting (domingo, 17h15).

AVS de Jorge Costa vence em Portimão e ganha vantagem no play-off de acesso à I liga

O AVS, da II Liga de futebol, adiantou-se este sábado no play-off de acesso à I Liga de futebol, ao vencer o Portimonense 2-1, em jogo da primeira mão, disputado em Portimão.