Sérgio Conceição: "A Taça de Portugal é um objetivo"

Sérgio Conceição: "A Taça de Portugal é um objetivo"
| Desporto
Porto Canal

Sérgio Conceição considera que a vitória do FC Porto em Guimarães (1-0) só pecou por escassa.

Mesmo lamentando os golos que ficaram por marcar, Sérgio Conceição era um treinador satisfeito após o triunfo do FC Porto frente ao Vitória SC (1-0), em Guimarães, na 1.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. A 2.ª mão está agendada para o dia 17 de abril (quarta-feira), às 20h15, no Estádio do Dragão. O vencedor da eliminatória vai defrontar o Sporting na final da Taça de Portugal, que se joga no Estádio do Jamor (26 de maio).

A análise ao jogo
“Dentro daquilo que é o nosso processo defensivo, era importante ter atenção a alguns pontos fortes do Vitória de Guimarães. Nesse sentido, permitimos muito pouco ao Vitória de Guimarães. Foi um jogo competitivo entre duas equipas que sentem que estes dois jogos dão uma presença numa final. O jogo hoje teve essa competitividade e essa agressividade entre dois adversários que já se conhecem bem. Dentro desse jogo competitivo, estivemos sempre por cima e tivemos mais ocasiões para marcar. O Bruno Varela fez uma excelente exibição, mas podíamos e devíamos ter feito mais um ou outro golo. Vamos começar os segundos 90 minutos a ganhar 1-0 e isso não é garantia de nada, bem pelo contrário. Podemos e devemos ter mais agressividade nas zonas de finalização, mas há sempre coisas a melhorar em todos os jogos.”

A titularidade de Jorge Sánchez
“Todas as nossas decisões são tomadas quando olhamos para o adversário, para os jogadores que temos disponíveis e para a estratégia. Até porque tem treinado muitíssimo bem, achei que hoje o Jorge Sánchez merecia a oportunidade. Na minha opinião, fez um excelente jogo.”

A ausência de Mehdi Taremi
“Tem contrato até junho e até junho é jogador do FC Porto, por isso conto com ele. Não há polémica nenhuma. É uma questão de estar em forma e de qualidade no trabalho. Acredito que ainda nos pode ajudar esta época, pois é um jogador com muita qualidade.”

Domingo há mais, no Dragão
“Os jogos são todos diferentes e têm histórias diferentes. Vai depender da forma como o encararmos, se queremos ser mais pressionantes ou não, o que queremos fazer com a bola, etc. Há sempre coisas que se levam dos jogos, mas faz parte do nosso trabalho. No próximo domingo teremos um jogo com o mesmo adversário, mas com momentos diferentes dentro do próprio jogo.”

Em vantagem para a 2.ª mão
“No plano teórico, o 1-0 é perigoso se não tivermos consciência de que temos pela frente um Vitória de Guimarães competente. E a realidade é que só temos um golo de vantagem. Se tivermos consciência de que temos 90 e tal minutos para jogar frente a um adversário que tem feito uma excelente época, aí as coisas podem tornar-se mais fáceis dentro de um jogo difícil. Tenho um grupo humilde e trabalhador que aceita a nossa mensagem. Humildade não falta no nosso balneário. Andamos à procura dos títulos que são possíveis de conquistar e a Taça de Portugal é um objetivo.”

+ notícias: Desporto

Sérgio Conceição: “Temos que beber da motivação dos adeptos”

Sérgio Conceição projeta a final da Taça de Portugal (domingo, 17h15).

FC Porto: Nação azul e branca está de volta para pintar o Jamor

Fanzone no Estádio Nacional arranca pelas 10h30.

Wendell: “É o jogo mais importante do ano”

Wendell e Evanilson apontaram à conquista da Taça de Portugal na antevisão à final (domingo, 17h15).