Casos de burla “Olá pai, olá mãe” aumentaram cerca de 50% em Aveiro

Casos de burla “Olá pai, olá mãe” aumentaram cerca de 50% em Aveiro
| Norte
Porto Canal / Agências

A PSP de Aveiro registou um aumento de cerca de 50% dos casos de burla “Olá pai, olá mãe” em 2023, comparativamente com o ano anterior, o que levou a um ligeiro aumento da criminalidade geral, foi esta sexta-feira anunciado.

Os dados foram avançados pelo comandante distrital da PSP de Aveiro, João Paulo Caetano, durante a sessão solene do 137.º aniversário daquele comando.

Segundo o mesmo responsável, em 2023, houve um ligeiro aumento da criminalidade geral denunciada, com mais 73 crimes do que em 2022, correspondentes a 1,8%, fruto do aumento dos crimes contra o património, designadamente o crime de burla do género “olá pai, olá mãe” com mais 128 crimes, correspondentes a cerca de 50%.

“Sem o aumento deste tipo de crimes, a criminalidade geral teria reduzido”, observou o comandante, adiantando que a PSP está a tentar contrariar este novo fenómeno criminal, através da sensibilização dos cidadãos para a sua prática reiterada.

No mesmo período, verificou-se um aumento de 11,8% da criminalidade violenta e grave, com mais 16 crimes, sendo que 10 destes crimes são de resistência e coação contra funcionário, correspondentes a um aumento de 77% e a violência doméstica diminuiu 8,8% (menos 28 crimes).

No âmbito da sinistralidade rodoviária, registaram-se 2.439 acidentes de viação, o que corresponde a um amento de 240 acidentes, dos quais resultaram três mortos (+1), 26 feridos graves (+5) e 698 feridos ligeiros (+26).

O superintendente João Paulo Caetano assinalou ainda que, apesar das contrariedades, a proatividade policial aumentou ligeiramente, tendo sido feitas 781 detenções (+24), das quais 576 em flagrante delito (+57) e 205 por mandado de detenção (-23).

O comandante da PSP de Aveiro, que foi nomeado para o cargo no final do ano passado, mostrou-se ainda preocupado com o envelhecimento dos quadros do efetivo da Polícia e com o estado das instalações policiais e defendeu uma renovação urgente da frota policial, já com uma idade média de 15 anos.

Disse ainda que espera contar com o apoio das câmaras municipais na implementação de um projeto de videovigilância nas zonas públicas, onde a criminalidade e sinistralidade ocorre, permitindo "um policiamento direcionado de prevenção criminal de elevada visibilidade e uma reação policial mais eficiente e eficaz".

No decorrer da sessão, que foi presidida pelo diretor nacional da PSP, Barros Correia, foram ainda entregues medalhas de mérito e valor policial grau ouro às Câmaras Municipais de Aveiro, Espinho, São João da Madeira, Ovar e Santa Maria da Feira, tendo havido também a imposição de medalhas e atribuição de louvores a polícias distinguidos.

+ notícias: Norte

Incendio deflagra em prédio em Vila Nova de Gaia

Um incendio deflagrou, ao final da noite desta quarta-feira, num prédio de três andares na União das Freguesias de Mafamude e Vilar do Paraíso, em Vila Nova de Gaia.

É de Guimarães e tem restaurante em Fafe. Eis o novo 'Chefe do Ano'

Diogo Novais Pereira, do restaurante Porinhos, em Fafe, venceu a 35.ª edição do maior e mais antigo concurso nacional de cozinha, após ser distinguido como o Chefe do Ano 2024, numa premiação que decorreu esta quarta-feira no Centro Multiusos de Lamego.

 

Misericórdia de Vagos ensina a memorizar e a envelhecer após diagnóstico de demência

Uma equipa multidisciplinar da Santa Casa da Misericórdia de Vagos tem em marcha um projeto que ajuda mais de três dezenas de utentes a memorizar e a criar técnicas que facilitam o envelhecimento saudável, após diagnóstico de demência.