Mau tempo responsável por atrasos na obra da torre da muralha em Guimarães

Mau tempo responsável por atrasos na obra da torre da muralha em Guimarães
Foto: CM Guimarães
| Norte
Porto Canal

A Câmara de Guimarães aprovou esta quinta-feira em reunião municipal a prorrogação da requalificação da torre da muralha medieval por um período de 90 dias, após um pedido da construtora M.F.Magalhães, escreve o Jornal de Notícias.

Segundo a mesma fonte, a empresa de construção justifica-se com o mau tempo verificado nos meses de setembro, outubro e novembro, mas também a “execução de trabalhos não previstos”.

Recorde-se que esta é a segunda vez que os trabalhos são adiados. A primeira vez que tal aconteceu foi a 14 de setembro. À época a construtora invocou “dificuldades e constrangimentos” na montagem da grua, a falta de mão de obra e o aumento da inflação para solicitar uma prorrogação de 120 dias, escreve o mesmo jornal.

“Reconhece-se que as condições meteorológicas e a natureza e especificidade dos trabalhos de consolidação estrutural condicionaram o cumprimento dos rendimentos previstos para a execução das tarefas pelo que deve ser concedida a prorrogação de prazo solicitada”, pode ler-se na proposta que foi aprovada na última reunião do executivo, citada pelo JN.

A empreitada começou em abril de 2022 e deveria ter ficado concluída em novembro do mesmo ano.

A obra na torre medieval incide na demolição da estrutura e a colocação de uma caixa de escadas em ferro que permitirá acesso a um terraço.

+ notícias: Norte

Vai nascer laboratório de investigação no antigo Raf Park em Matosinhos

A Câmara de Matosinhos quer construir um laboratório de investigação ambiental e agrícola, no local onde estava situado o antigo Raf Park, em Santa Cruz do Bispo.

Homem de 70 anos morre em despiste de trator agrícola em Viseu

Um idoso com cerca de 70 anos morreu esta terça-feira na sequência do despiste de um trator agrícola em Pindo, no concelho de Penalva do Castelo, disse à agência Lusa fonte do Comando Sub-regional de Viseu Dão Lafões.

Primeiro comboio a hidrogénio em Portugal conclui fase de testes com sucesso

O novo comboio a hidrogénio H2 concluiu com sucesso os testes em Portugal, tornando-se no primeiro comboio a hidrogénio a circular em território Nacional, avança a Infraestruturas de Portugal (IP) através das redes sociais.