Centeno duvida que falte dinheiro na Saúde em Portugal

Centeno duvida que falte dinheiro na Saúde em Portugal
Lusa
| País
Porto Canal/Agências

O governador do Banco de Portugal disse esta quarta-feira ter dúvidas que há falta verbas para a saúde, apontando que a despesa no SNS cresceu de 8,5 mil milhões de euros (ME) em 2015 para 15 mil ME em 2022.

“A despesa em saúde em Portugal, no SNS, cresceu de 8,5 mil milhões de euros em 2015 para 15 mil milhões em 2022. Aí posso dizer que tenho algumas dúvidas de que falte dinheiro, para não dizer muitas dúvidas”, afirmou Mário Centeno, na apresentação do “Boletim Económico” de outubro, em Lisboa.

Questionado sobre o investimento na saúde, o ex-ministro das Finanças considerou que é preciso que todos pensem “amplamente” e “tranquilamente” sobre o tema “e agir”, mantendo equilíbrios orçamentais.

Para Mário Centeno se o aumento do investimento nessa área for a que “o país tomar” serão preciso “ter meios para o pagar e tomar decisões concomitantemente”.

Em julho, a presidente do Conselho das Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral, em entrevista à Lusa, alertou que “há algo” que também tem de “ser pensado, não basta só aumentar a despesa”.

“Vemos que a área da saúde nos últimos anos tem assistido a um grande crescimento da despesa. Neste momento, já ocupa cerca de 13% da despesa total do Estado. É uma fatia já muito significativa”, realçou, antes de salientar que “nem por isso se tem traduzido uma melhoria na prestação do serviço público”.

Para a presidente do CFP, “não basta pensar que distribuindo mais verbas, alocando mais despesas e aumentando a despesa, isso por si só acarreta a melhoria do serviço público”.

“Não temos instrumentos que sejam capazes de uma adequada priorização da despesa, onde é que o Estado deve estar, onde é que porventura não deve estar ou deve estar menos”, alertou.

+ notícias: País

Mais de 80% dos jovens diplomados têm emprego 3 anos após concluírem estudos

Cerca de 82% dos diplomados entre os 20 e 34 anos têm emprego três anos após concluírem o ensino secundário ou superior, segundo um relatório divulgado esta terça-feira que confirma as vantagens salariais associadas à maior formação académica.

Registados problemas em cartões da rede móvel da MEO

Alguns cartões de clientes da rede móvel da MEO estão a registar na manhã desta terça-feira alguns constrangimentos, disse à agência Lusa fonte da operadora de comunicações de voz do grupo Altice, sem adiantar mais pormenores.

Portugal lidera na Europa... no aumento do preço do azeite

O preço do azeite subiu em janeiro 69% em Portugal, registando o maior aumento homólogo do produto, que na média da União Europeia (UE) aumentou 50%, segundo dados divulgados esta terça-feira pelo Eurostat.