CDS-PP marca 'rentrée' em convenção programática com Cristas, Portas e Monteiro

CDS-PP marca 'rentrée' em convenção programática com Cristas, Portas e Monteiro
| Política
Porto Canal/Agências

O CDS-PP realiza uma convenção programática no início de setembro, reunindo os antigos líderes Assunção Cristas, Paulo Portas e Manuel Monteiro, e terá como objetivo atualizar a declaração de princípios do partido e mobilizar militantes e apoiantes.

Esta iniciativa, que marca a 'rentrée' centrista, vai decorrer no dia 9 de setembro, na sede nacional do CDS-PP, em Lisboa, anunciou o partido em comunicado.

A convenção programática vai contar com intervenções do atual presidente do partido, Nuno Melo, e também dos antigos líderes Paulo Portas, Assunção Cristas e Manuel Monteiro.

O comunicado refere que os também antigos líderes José Ribeiro e Castro e Francisco Rodrigues dos Santos não estarão presentes "por impedimentos pessoais".

Esta convenção programática terá como objetivos "marcar o ciclo eleitoral das eleições regionais na Madeira e das eleições europeias com a atualização da Declaração de Princípios do CDS-PP, preparando o partido para os desafios do século XXI".

A proposta será apresentada por António Lobo Xavier.

O CDS-PP quer também "mobilizar com sentido de união os simpatizantes, militantes, dirigentes e autarcas do partido, centrados num novo ciclo decisivo para o futuro", esperando que a presença de três antigos líderes o potencie.

Outro dos objetivos passa por "sublinhar a dimensão do CDS como um partido de quadros de enorme qualidade, ideologicamente consistente e com experiência governativa".

Antes, em 4 de setembro, o partido vai marcar o arranque da campanha para as eleições legislativas regionais da Madeira, na Festa dos Romeiros, com o presidente do CDS, Nuno Melo, e o líder do CDS Madeira, Rui Barreto, foi também divulgado.

O CDS integra atualmente o Governo Regional da Madeira e concorre a estas eleições em coligação com o PSD.

+ notícias: Política

Após polémica, adjunta do ministro das Finanças recua e decide não assumir funções

Patrícia Dantas recua e não vai assumir funções de adjunta do ministro das Finanças, de acordo com nota enviada pelo gabinete do Ministro das Finanças.

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

Governo e PS reúnem-se em breve sobre medidas de crescimento económico

Lisboa, 06 mai (Lusa) - O porta-voz do PS afirmou hoje que haverá em breve uma reunião com o Governo sobre medidas para o crescimento, mas frisou desde já que os socialistas votarão contra o novo "imposto sobre os pensionistas".