Conselho de Ministros aprova despesa de 32 milhões para fundo de inovação da NATO

Conselho de Ministros aprova despesa de 32 milhões para fundo de inovação da NATO
| Política
Porto Canal/Agências

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira uma despesa de 32 milhões de euros para o fundo de inovação da NATO, com a ministra da Defesa a considerar que cria oportunidade para as empresas e Forças Armadas.

De acordo com o comunicado do Conselho de Ministros, “foi autorizada a realização de despesa, a executar pela Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional, relativa à adesão de Portugal ao 'NATO Innovation Fund', na sequência de compromissos assumidos nas Cimeiras NATO de 2022 e 2023”.

À Lusa, o Ministério da Defesa indicou que a despesa em questão consiste em 32 milhões de euros para 15 anos.

Em declarações aos jornalistas na Base Naval do Alfeite, em Almada, Helena Carreiras referiu que este fundo reunirá 20 aliados da Aliança Atlântica e visa “promover o investimento na inovação, nas novas tecnologias emergentes e disruptivas, para proporcionar o desenvolvimento das Forças Armadas, em articulação com as indústrias, promovendo ‘start up’ que apostam na inovação, no desenvolvimento tecnológico”.

“É um fundo que é original, é a primeira vez que existe, mas que vem completar outros programas da NATO, designadamente o DIANA, um acelerador de inovação que acolhemos já aqui em Portugal também”, referiu.

A ministra da Defesa Nacional disse que o fundo é uma “construção de oportunidades” para as empresas portuguesas e para que as Forças Armadas possam “colaborar para o desenvolvimento tecnológico e posicionar-se relativamente ao futuro que tem necessariamente que passar pela inovação e articulação com o sistema científico”.

+ notícias: Política

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

Governo e PS reúnem-se em breve sobre medidas de crescimento económico

Lisboa, 06 mai (Lusa) - O porta-voz do PS afirmou hoje que haverá em breve uma reunião com o Governo sobre medidas para o crescimento, mas frisou desde já que os socialistas votarão contra o novo "imposto sobre os pensionistas".

Austeridade: programa de rescisões poderá conter medida inconstitucional - jurista

Redação, 06 mai (Lusa) - O especialista em direito laboral Tiago Cortes disse hoje à Lusa que a constitucionalidade da medida que prevê a proibição do trabalhador do Estado que rescinde por mútuo acordo voltar a trabalhar na função Pública poderá estar em causa.